agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Blogs Adalberto Cunha Docente, Palestrante e Consultor; Biólogo pela UFSCar e Mestre em Meio Ambiente pela UNIARA, com experiências em empresas e docência
FALE COM O COLUNISTA:

O uso do plástico na sociedade atual

"Neste ano que começa, fique mais atento ao lixo que você produz, se possível reduza os seus consumos de produtos e embalagens que causam grande impacto ao ambiente"
Postado em: 22/12/2017 às 14:20
Autor: Adalberto Cunha
O uso do plástico na sociedade atual

A ONU lançou um alerta mundial sobre a produção e destinação incorreta dos plásticos. Não podemos nos esquecer que nossa sociedade industrial faz uso muito grande do plástico para todos os tipos de produtos. Desde coisas bem simples, como copos e canudos (imaginem a quantidade de canudos que são utilizados uma única vez e jogados fora) até produtos que são partes de máquinas, equipamentos (como os aparelhos domésticos).

Podemos perceber que ao aumentarmos a produção para satisfazer os mais de 7 bilhões de habitantes, temos dois problemas sérios. O primeiro diz respeito a produção do plástico, que é, na maioria das vezes, um subproduto do petróleo, que tem uma durabilidade muito grande, em termos de tempo para se decompor.

A segunda questão, que é o alerta da ONU, diz respeito a destinação de todas as toneladas diárias de plásticos. A pergunta é: Você sabe para onde vai todo esse material, que tem uma vida útil muito longa?

Ele não pode ser queimado, pois a fumaça é tóxica, enterrado a decomposição demoraria décadas. No mundo todo ele é despejado em grandes volumes nos mares, em locais mais isolados.

Só que estamos chegando a um limite. Muitos seres vivos marinhos estão sofrendo com o despejo desses materiais no mar. Muitos deles acham que esses plásticos são alimentos, como as sacolas plásticas transparentes, as tampinhas de refrigerantes e águas.

Aqui no Brasil o problema também é serio. Ainda mais que estamos chegando no verão, com muito calor, férias e muitas pessoas vão para as praias. E os cuidados da destinação dos plásticos ficam muito prejudicada. São toneladas e toneladas diárias que são depositadas e que muitas vezes os municípios não têm condições de dar destinação correta.

E todo esse material acaba indo para o mar, piorando a situação dos mares e das populações de seres vivos que ali vivem.

Algumas pessoas dizem que não dependem do mar e por isso não se preocupam do destino dos plásticos. Mas precisamos entender que vivemos num único planeta, e toda ação gera uma reação que pode ser muito negativa. Muitos países utilizam animais e plantas para se alimentarem, e outros para ganhar seu dinheiro.

Neste ano que começa, fique mais atento ao lixo que você produz, se possível reduza os seus consumos de produtos e embalagens que causam grande impacto ao ambiente e a nós mesmos. Muitas doenças também são causadas pela presença de materiais jogados em locais errado.

E os plásticos irão ficar na natureza e nós provavelmente já teremos morrido, mas nossos descendentes é que irão sofrer. Pense em formas de reduzir seu consumo de plástico.

Uma nota final: Hoje há uma série de iniciativas que buscam soluções para os problemas dos plásticos, e como exemplo, aqueles que são fabricados a partir da cana de açúcar, chamados de bioplásticos.

Relacionadas

Adalberto Cunha
Discussões sobre o clima global voltam à pauta
07/11/2017 às 07:05
Adalberto Cunha
A primavera está chegando
05/09/2017 às 14:17
Adalberto Cunha
Escrevendo sobre o acordo de Paris
20/06/2017 às 17:55