agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Blogs Naiara Oliveira Mariotto - Psicóloga Clínica e Terapeuta Cognitivo Comportamental com especialidade em Relacionamentos; Palestrante; Co-Autora do livro digital "Mulheres 100 Tabu: Desvendando a Autoestima feminina"
FALE COM O COLUNISTA:

O maior causador de desgaste nos relacionamentos

"Quanto menos diálogo, mais emoções negativas intensas. A partir daí, inicia uma disputa de ego entre o casal, e o desgaste da relação começa a aparecer"
Postado em: 22/05/2017 às 17:48
Autor: Naiara Oliveira Mariotto

Olá!

Pare e responda. O que você pensa quando falamos em relacionamentos amorosos e romances? Pensamos sempre no famoso “... E viveram felizes para sempre”, e simplesmente apagamos a idéia de que o relacionamento pode não dar certo. “Parte da culpa disso, é que crescemos escutando apenas histórias falando em finais felizes! O problema é que quando vivenciamos (principalmente o primeiro) relacionamento amoroso, essa percepção acaba corrompida e nos decepcionamos.

O fato é que, se você se decepcionou (ou se frustrou) com algo ou alguém, foi porque você mesmo criou expectativas surreais sobre isso. Devemos nos basear em evidências para saber se faria algum sentido esperar o que desejamos do outro. Temos a mania de esperar das pessoas o que nós faríamos.

Não! Não devemos cobrar de alguém aquilo que ele (a) não é capaz de “nos dar” naquele momento!

Essa frustração é o que nos motiva em pensar na desistência. Desistir porque o “outro me fez sofrer”, desistir porque ”o outro me faz chorar”. Mas e eu? Qual seria a minha parte de contribuição por eu estar sofrendo?

As conseqüências das frustrações são as deficiências no diálogo, o que é essencial para qualquer relacionamento. Quanto menos diálogo, mais emoções negativas intensas. A partir daí, inicia uma disputa de ego entre o casal, e o desgaste da relação começa a aparecer.

Os maiores causadores da frustração em um relacionamento amoroso são: família, vida sexual, impaciência e dificuldade financeira.

Relacionamentos não necessariamente terminam com um final feliz, esqueça isso!

Relacionamentos são desafiadores e exigem paciência! Se você não é muito paciente, as chances de seu relacionamento se desgastar e acabar rapidamente são gigantes! Mas fazendo a sua parte, reconhecendo seus erros, já é um grande começo para um relacionamento mais duradouro, e feliz!

A cada situação (de possível conflito ao casal), não tente mudar seu companheiro (a) o tempo todo. Monitore seus pensamentos. Tente ouvir mais o que o outro está falando, sem esperar que seu desejo seja atendido. Coloque-se no lugar do amado (a) para melhor entender o que ele (a) está sentindo ou pensando sobre o assunto conversado, isso também irá ajudá-lo a identificar e controlar suas emoções. As chances de conseguir iniciar um diálogo com qualidade, e de estimulação para abertura com que isso sempre aconteça, serão enormes! Compartilhe tanto suas dificuldades, como também as alegrias e conquistas!

Temos o controle de todo o nosso corpo. Porque não teremos de nossa mente para agir mais racionalmente e não nos arrependermos?

Até a próxima!

Relacionadas

Naiara Oliveira Mariotto
Não consigo parar de comer!
31/07/2017 às 07:47
Naiara Oliveira Mariotto
O que é e como lidar com o estresse
10/07/2017 às 08:18

Blogs e colunas