agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

Última semana para conferir o 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

Bárbara Wagner, Graziela Kunsch e Jaime Lauriano são alguns dos artistas em destaque
Postado em: 20/06/2018 às 14:16
Autor: Redação
Última semana para conferir o 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

No dia 24 de junho é possível conferir no Sesc Araraquara, a exposição que reúne obras de artistas premiados no 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil. De outubro de 2017 a janeiro deste ano, o Sesc Pompeia sediou o 20º Festival, que teve a participação de 50 artistas, de 25 países distintos. Os trabalhos revelam uma multiplicidade de visões de mundo, criadas a partir de uma sociedade que parece pressentir seu próprio fim e, para evitá-lo, recorre a suas origens.

Solange Farkas, curadora geral do Festival, trabalhou ao lado de quatro curadores convidados: os brasileiros Ana Pato, Beatriz Lemos e Diego Matos, e o português João Laia. Juntos, os cinco selecionaram as obras da mostra, que colocou em discussão o papel da arte diante das diversas crises enfrentadas pelo mundo contemporâneo. Em Araraquara, a exposição reúne obras dos artistas premiados nesta edição do evento.

Barbara Wagner & Benjamin de Burca apresentam a obra Faz que Vai. O vídeo retrata bailarinos que misturam movimentos do frevo aos de ritmos contemporâneos, numa reinvenção da tradição. Já a portuguesa Filipa Cesar traz o trabalho Transmission from the Liberated Zones, que reflete sobre as permanências da opressão colonial na África. O paulista Jaime Lauriano, por sua vez, marca presença com dois vídeos que tratam do período da ditadura militar brasileira. A exposição conta ainda com a presença da brasileira Graziela Kunsch e dos artistas internacionais Andrés Padilla Domene (México), Emo de Medeiros (Benim), Engel Leonardo (República Dominicana), a dupla La Decanatura (Colômbia), Natasha Mendonça (Índia) e Quy Minh Truong (Vietnã).

Sobre o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

Criado em 1983 por Solange O. Farkas, sua curadora-geral desde então, o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil passou a ser realizado em parceria com o Sesc São Paulo em 1991, o que possibilitou sua expansão e internacionalização. Foi também em meados dos anos 90 que a curadoria do Festival definiu seu foco em torno do Sul geopolítico, assumindo esse recorte como condição para a seleção de artistas e passando a tratar seus contextos diversos e complexos. O Festival consolidou-se ao longo dos anos como uma plataforma diversificada e múltipla voltada para a difusão, o fomento e a reflexão em torno da produção artística do Sul global, que compreende América Latina, Caribe, África, Oriente Médio, Ásia e Europa do leste. A parceria entre o Sesc São Paulo e a Associação Cultural Videobrasil viabiliza ainda a itinerância do Festival para outras cidades do Brasil, além de publicações sobre cultura e arte contemporânea.