agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

Uma noite, dois espetáculos

Festival Internacional de Dança apresenta Desatar e Ofélia Territórios Movediços
Postado em: 15/09/2017 às 15:46
Autor: Redação
Uma noite, dois espetáculos
Foto: Souza Junior Fotografia

Neste sábado (16), os espetáculos de dança “Desatar”, de Alysson Amâncio, e “OFÉLIA Territórios Movediços”, de Camila Fersi, estarão em cartaz no Sesc Araraquara a partir das 20 horas. Os espetáculos serão apresentados na sequência um do outro, sem intervalo. Com entrada franca, os ingressos poderão ser retirados no próprio dia, a partir das 9h30 da manhã.

Desatar é um duo contemporâneo, onde os artistas Aline Vallim e Alysson Amancio expõem os seus olhares para o Brasil contemporâneo. Em tempos pós golpe parlamentar a população está devastada, a crise é econômica, politica, social, financeira e humana. Como sobreviver em meio a este caos? O coletivo em afeto é uma possibilidade. Desatar é poesia expressa em movimentos.

 

Mal das pernas

Boca Seca

(des)monte um país

Convulsão

Trincheira

Sucumbe-nos

Tempos sombrios

Alimentar a indignação e a coragem.

A indignação para rejeitar as coisas ruins.

A coragem para mudá-las

Ofélia, clássica personagem de Shakespeare, que amava Hamlet, vê-se privada do seu amor, passa a dar mostras de loucura após a morte do seu pai, Polónio, que fora assassinado por Hamlet. A típica donzela indefesa. Mas isso seria antigamente ou ainda estamos vivendo esse momento? Qual o papel da mulher na sociedade? Ainda é o da belíssima donzela Ofélia? Propondo uma discussão sobre esse pensamento a bailarina carioca Camila Fersi apresenta neste sábado (16/09), no Sesc Araraquara dentro do Festival Internacional de Dança de Araraquara a Performance de dança "OFÉLIA Territórios Movediços".

O espetáculo parte de um texto da peça Hamlet, de Shakespeare, mas se lança na atualidade enquanto processo artístico aberto em busca de comunicação entre virtual e real, espectador e artista, encenação e performance. Posiciona-se como uma intervenção política ou ambiental, um ritual, ou pura ação ou presença. O projeto surge num momento fértil político e social que estamos vivendo e abre campo para discussões sobre o papel da mulher na esfera pública e sua atuação na sociedade.

O espetáculo rapidamente propõe um recorte para a personagem Ofélia para abordar estados de corpo: sonho, loucura e amor. A partir deste tema abre frestas para se pensar na condição do amor nos dias de hoje e nas relações entre gênero que estamos finalmente discutindo. Um trabalho instigante e divertido sobre uma personagem mulher limitada por todos os ângulos pelo patriarcado (Pai, Irmão, Amante, Sociedade). É sobre as mulheres, famosas ou não, que conhecemos ou não. É sobre homens também. Não é fiel à peça, ela se desdobra em outras facetas, ela ultrapassa épocas e busca diálogo com a atualidade e com as tantas Ofélias que habitam nosso mundo. É sobre força, resistência e amor.

 

Sobre a artista

Camila Fersi é bailarina e professora graduada e mestre pela Unicamp/SP. Trabalhou com diversos diretores do Rio e São Paulo como bailarina e assistente de direção, como: Denise Stutz, Andrea Jabor, Regina Miranda, João Andreazzi, entre outros. Atualmente é assistente da bailarina Giselda Fernandes, bailarina da Esther Weitzman Cia de Dança e professora da Pós-Graduação da Escola e Faculdade Angel Vianna. Desde 2010 desenvolve trabalhos independentes e oficinas/montagens com artistas de outras cidades : Teófilo Ottoni, Belo Horizonte, Varginha, Cuiabá, Teresina, Belém, Rio de Janeiro, Campinas e São Paulo.

 

Serviço

Espetáculos de Dança “Desatar” e “Ofélia Territórios Movediços”

Dia: 16/9, sábado

Horário: 20h

Local: Teatro

Classificação: 14 anos

Grátis

*Retirada de ingressos na Central de Atendimento a partir das 9h30 do dia da atividade. Limitados a 2 ingressos por pessoa. Vagas limitadas.

* Não haverá intervalo.