agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

Estudantes da EMD estreiam novo espetáculo

"Entre esquecidos e invisíveis, nossos heróis" será apresentado nos dias 08, 09 e 10 de novembro
Postado em: 06/11/2018 às 10:36
Autor: Redação
Estudantes da EMD estreiam novo espetáculo
Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira, em Araraquara

Os estudantes da Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira (EMD) estreiam mais um espetáculo esta semana: é "Entre esquecidos e invisíveis, nossos heróis", em cartaz nos dias 08, 09 e 10 de novembro, na própria escola. As apresentações serão realizadas às 19h30.

O espetáculo reúne aproximadamente 150 alunos, com idades que variam de 11 a 14 anos, além de todas as linguagens artísticas da escola: dança, música, teatro, capoeira e artes visuais. Os estudos começaram já no primeiro semestre e o resultado faz parte de um processo reflexivo conjunto de professores e alunos.

O coordenador técnico da EMD, Carlos Fonseca, conta que "Entre esquecidos e invisíveis (...)" traz à cena a síntese de um processo de estudo mediado pela concepção de uma educação humanizadora, republicana e pelos princípios do respeito à pluralidade, à liberdade e o amor à vida.

"Como sempre, considera-se nesta montagem o contexto brasileiro, periférico, resultado de um processo de colonização ocorrido há mais de quinhentos anos e cujos efeitos persistem de diferentes maneiras. Dois temas nortearam nossa reflexão: o conceito de herói e seus desdobramentos desconstruídos, que nos levaram, por exemplo, à compreensão do herói coletivo que podemos e devemos ser; e a obra de Paulo Freire, 'Pedagogia do Oprimido', que, neste ano, completa 50 anos", explica o coordenador.

Fonseca lembra que "Entre esquecidos e invisíveis (...)" revela-se o nosso herói – "o povo esquecido ou invisibilizado por quem o grande pedagogo pernambucano batalhou com muito amor e dedicação para ver feliz e emancipado por meio da educação".

"Entre esquecidos e invisíveis (...)" abre as portas de um caminho que se inicia nas lavouras de uma cultura popular sempre vicejante, enfrentando, como retirantes, áridos campos de fome e miséria. Passando pela dureza gélida do chão de fábrica, chegando na cidade de muitos rostos, ávidos por um lugar que lhes pertença.

"Nosso estudo este ano começou com a discussão sobre o conceito de herói e, a partir da leitura da obra Pedagogia do Oprimido, chegamos a ideia que todos os oprimidos de nossa sociedade, por um motivo ou por outro, são nossos verdadeiros heróis. Tem até uma conversa inusitada entre três personagens importantes de nossa cultura: Paulo Freire, Ariano Suassuna e Cora Coralina", pontua o coordenador.

Vale lembrar que, na próxima semana, nos dias 12 e 13 de novembro (segunda e terça-feira), às 20 horas, os alunos dos primeiros anos apresentam o também novo espetáculo "Aprendendo a ler o mundo".

Os ingressos, para ambos os espetáculos, podem ser adquiridos na secretaria da EMD, no horário de 7h as 17h30. O valor de cada convite, para cada espetáculo, é de R$ 5,00. A Escola Municipal de Dança. Av. Vicente Jerônimo Freire, nº 12, Vila Xavier.

 

Serviço:

Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira apresenta:

 

"Entre esquecidos e invisíveis, nossos heróis"

Dias: 08, 09 e 10 de novembro

Horário: 19h30

 

"Aprendendo a ler o mundo"

Dias: 12 e 13 de novembro

Horário: 20 horas

 

Local: Escola Municipal de Dança (Av. Vicente Jerônimo Freire, nº 12 - Vila Xavier)

Ingressos: R$ 5,00