agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

Oficina do Território da Arte vai conectar pessoas maiores de 60 anos

De 03 a 07 de junho, o Projeto Performanciã chega à Casa da Cultura com lambe-lambe, estêncil e adesivo
Postado em: 31/05/2019 às 16:22
Autor: Redação
Oficina do Território da Arte vai conectar pessoas maiores de 60 anos

A terceira idade está contemplada na programação do 16º Território da Arte de Araraquara com uma atividade específica: de 03 a 07 de junho (segunda a sexta), o Projeto Performanciã, com o carioca Marcelo Asth, apresenta a oficina Camadas, das 15h30 às 17h30, na Casa da Cultura e Teatro Wallace Leal.

As oficinas de Performanciãs são realizadas sempre com o intuito de conectar pessoas com mais de 60 anos em comunidades sócio-artísticas, apresentando aos grupos a linguagem da performance e criando um espaço de reflexão e debate sobre assuntos ligados à maturidade, ao envelhecimento e à arte contemporânea. Como resultado desses processos, são realizadas ações/intervenções coletivas, compartilhadas com o público geral.

A performance Camadas propõe uma montagem ao vivo e coletiva de um mural realizado por idosos que, durante uma semana, participam da oficina para debater, refletir e produzir conteúdos gráficos sobre o universo do envelhecimento. As técnicas que utilizarão para reverberar suas ideias são o lambe-lambe, o estêncil e o adesivo.

O entrecruzamento do envelhecimento humano com a performance é o foco da pesquisa realizada por Marcelo Asth. As ações trabalham com a criatividade de evidenciar causas próprias dos participantes, de forma sábia, artística e comunitária, dialogando com variados assuntos conexos a percepções, estatísticas, dados, desejos, felicidades, medos, limites, constatações e questionamentos gerais sobre a velhice e o idoso no Brasil.

A oficina se dá a partir de exercícios e dinâmicas que estabelecem algumas metas para atingir um resultado consciente, estético e conceitual por parte de todos os envolvidos, com criação coletiva e representatividade. Exercícios de expressividade, de consciência do corpo, da compreensão da linguagem performativa, da atividade do olhar performático estão no programa que, ainda, debate diversos assuntos, a fim de sentir as necessidades do grupo.

Marcelo Asth é o idealizador do Projeto Performanciã e oficineiro-facilitador dos processos das oficinas. Mestre em Artes Cênicas, com uma linha de pesquisa em performance, Asth atualmente é Doutorando na Unirio, onde investiga conexões entre performance e velhice para a criação de uma Cartografia do Envelhecimento na Performance Brasileira.

“O Projeto Performanciã nasce da observação de que, em nosso país, ainda é escassa a produção e o pensamento de ações performáticas artísticas que envolvem a figura do idoso e seu universo – enquanto que ações que abarcam questões de gênero, sexualidade, estética queer, etnia, xenofobia, entre outros assuntos e aspectos político-sociais, já têm um lugar de destaque, pensamento e prática difundidos”, aponta Asth.

Para ele, a performance aliada às questões do envelhecimento são formas de visibilizar diversos assuntos, que podem ser vistos com menos esforço pela sociedade. “O envelhecimento pode parecer algo distante de nós, mas está dentro de nós - atuando a cada segundo. Através da participação em uma performance relacional, aquele que não é idoso, pode também refletir de maneira criativa sobre as questões apresentadas e interagindo com a ação, pode até mudar conceitos e padrões de pensamento sobre a velhice”, finaliza o artista.

Vale destacar que no sábado, 08 de junho, os participantes da oficina irão apresentar o resultado final do trabalho efetuado na semana, das 9 às 11h, nos muros da Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa: é a intervenção urbana “Vem colar lambes!”.

Com o tema “Conexões Possíveis”, o 16º Território da Arte de Araraquara vem sendo realizado fundamentando em alguns ciclos de vida, de criação e de oportunidades, envolvendo conexões possíveis entre a visualidade e suas relações com: a primeiríssima infância até a terceira idade, as técnicas tradicionais até as mais digitalizadas e os espaços públicos até o mercado das artes.

As inscrições para as oficinas de Performanciãs podem ser realizadas pelo link:https://forms.gle/21rrMzUA5qmmcNzv6. Toda a programação é gratuita.

 

Serviço:

16º Território da Arte de Araraquara apresenta: Projeto Performanciã

Local: Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa e Teatro Wallace leal Valentin Rodrigues

Período: 03 a 07 de junho (segunda a sexta)

Horário: 15h30 às 17h30

Inscrições pelo link: https://forms.gle/21rrMzUA5qmmcNzv6

Grátis