agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

O retrato de uma geração: Magdalena lança “O Pouso da Nave Louca”

Obra do jornalista e escritor araraquarense conta uma história de amor impedida de se concretizar em um país sufocado pela ditadura militar
Postado em: 08/06/2020 às 23:03
Autor: Luís Antonio
O retrato de uma geração: Magdalena lança “O Pouso da Nave Louca”
Foto: Luís Antônio

O jornalista Zuenir Ventura classificou 1968 como “o ano que não terminou”. Esse, aliás, é o título de uma obra de sua autoria que retrata fielmente os acontecimentos que marcaram um período de repressão por parte da ditadura militar que vigorou no Brasil (1964-1985) e a consequente resistência ao autoritarismo, encabeçado principalmente pelo movimento estudantil, pelos movimentos culturais e revolucionários, inclusive aqueles que defendiam a luta armada.

É nesse contexto que se passa a maior parte de “O Pouso da Nave Louca”, novo livro do jornalista José Carlos Magdalena. Nascido em Araraquara, Magdalena mudou-se para São Paulo nos anos 60 em busca de oportunidades e viveu de perto o endurecimento do regime, com a implantação da censura, o Comando de Caça aos Comunistas e o Ato Institucional número 5 (AI-5). Hoje, a realização de manifestações pedindo uma nova intervenção militar e as contantes ameaças de um novo AI-5 confirmam a tese de Zuenir de que 1968 ainda não acabou.   

Parte dessa história está contada na obra. O autor faz da sua experiência pessoal uma fonte de inspiração para uma obra de ficção. O personagem principal é Zé Caio, que vive uma tórrida paixão por Manuela. As diferenças sociais entre os dois e a tensão política do período se apresentam como barreiras instransponíveis para que eles pudessem concretizar seus desejos. Agrupados num apartamento na capital – a “nave louca” que dá título à obra -, os dois personagens e vários outros amigos vivem o sonho de derrotar os militares e democratizar o país.

A história de Zé Caio, Manuela e seus amigos perpassa a história do Brasil. As personagens testemunham eventos definitivos daquele período: a morte do estudante Edson Luís, o conflito estudantil da “Maria Antônia” e a revolução cultural provocada pelo surgimento da banda inglesa The Beatles, por exemplo.

“O Pouso da Nave Louca”, no entanto, acompanha essa geração até os anos pós-68, quando a ditadura enfim cede lugar a um lento processo de redemocratização e a euforia revolucionária sucumbe frente as mazelas que o país conheceria posteriormente. Magdalena traduziu por meio de seus personagens a ambiguidade dessa juventude que experimentou os limites políticos, sexuais e comportamentais daqueles anos difíceis. Nas palavras de Zuenir Ventura, “a aventura dessa geração não é um folhetim de capa-e-espada, mas um romance sem ficção. O melhor do seu legado não está no gesto – muitas vezes desesperado; outras, autoritário -, mas na paixão com que foi à luta, dando a impressão de que estava disposta a entregar a vida para não morrer de tédio”.

 

O autor

José Carlos Magdalena é jornalista com passagem pelo Estadão, Jornal da Tarde e TV Manchete. Atualmente, é diretor de jornalismo da Rádio Morada (Araraquara/SP), onde apresenta o Jornal da Morada, programa líder em audiência há quase quatro décadas, e também dirige e apresenta programas jornalísticos na TV Cultura Paulista.

Magdalena é autor de “Um Século de Silêncio”, pela Editora Senac, finalista do prêmio Jabuti de 1997; “Bandoleira”, prêmio Biblioteca Escola, da Biblioteca Nacional, e “Um Rádio no Porão”, ambos pela Editora Letras do Pensamento, responsável também pela edição de “O Pouso da Nave Louca”

 

O livro

“O Pouso da Nave Louca” já está disponível, em Araraquara, na Livraria Machado de Assis. Para marcar o lançamento, cujo evento oficial foi adiado por causa da pandemia do novo coronavírus, a editora disponibilizou um lote promocional. “O Pouso da Nave Louca” pode ser adquirido por R$ 30, enquanto o pacote com o novo livro, mais “Bandoleira” e “Um Rádio no Porão” pode ser adquirido por R$ 40.

 

Serviço

Livro: O Pouso da Nave Louca (Editora Letras do Pensamento, 174 páginas)

Autor: José Carlos Magdalena

Preço: R$ 30 (O Pouso da Nave Louca) ou R$ 40 (O Pouso da Nave Louca + Bandoleira + Um Rádio no Porão)

Onde: Livraria Machado de Assis (Av. Brasil, 698 - Centro – Araraquara). Informações ou  encomendas pelo telefone (16) 3332-2464 ou (16) 9-9992-4055 (Whatsapp).