Grupo Sarambeque agita Feira Noturna na próxima quinta

O choro brasileiro é destaque na programação do Museu Ferroviário com entrada gratuita

Compartilhe

Grupo Sarambeque agita Feira Noturna na próxima quinta

O Grupo Sarambeque leva seu chorinho para a Feira Noturna que é realizada no Museu Ferroviário Francisco Aureliano de Araújo, na próxima quinta-feira, 09 de fevereiro, a partir das 19 horas.

A apresentação gratuita tem o apoio da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart e irá destacar obras primas de mestres do choro brasileiro. Nomes como Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, Abel Ferreira, Altamiro Carrilho, Astor Silva, K-Ximbinho marcam presença no repertório do Sarambeque.

Criado no início de 2014 por músicos interessados na pesquisa, execução e difusão do choro brasileiro, o grupo tem uma pesquisa norteada pela variedade rítmica, melódica e harmônica do choro, na tentativa de entender as suas diferentes manifestações, como o choro sambado, o choro-seresta, o maxixe, o tango brasileiro e a valsa. Também, os músicos buscam entender como as influências europeias e africanas se misturaram - tanto na rítmica quanto nas harmonias e melodias - para resultar neste gênero único e exclusivamente brasileiro que é o choro. Participam da atual formação de Sarambeque, os músicos: Alcides Cardoso dos Santos, Cássio de Fernando, Nemias Santana e Pedro Luiz Freitas.

Vale destacar que a Feira Noturna Negócio do Campo será realizada nesta quinta-feira, das 16h30 às 21h, na antiga Estação Ferroviária de Araraquara, onde está localizado o Museu Ferroviário. A Feira Noturna – realizada pela Coordenadoria Executiva de Agricultura da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico - traz hortifrutis cultivados nos assentamentos Bela Vista, Monte Alegre e Bueno de Andrada, e por outros produtores do setor rural do município. A feira também conta com barracas de artesãos e área de alimentos.

O Museu Ferroviário está localizado à Rua Antônio Prado, s/nº, no Centro de Araraquara.