agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

Sexta-feira é Dia do Rock no Teatro de Arena

Araraquara Rock apresenta No Hands, Intranze, Gloria e Plebe Rude
Postado em: 12/07/2018 às 15:26
Autor: Redação
Sexta-feira é Dia do Rock no Teatro de Arena

Sexta-feira, 13 de julho, é o Dia do Rock e o Araraquara Rock celebra a data com shows no Teatro de Arena Prefeito Benedito de Oliveira. Os portões serão abertos às 18h30 para as apresentações de No Hands, Intranze, Gloria e Plebe Rude. O evento promovido pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, com o apoio do Sesc Araraquara, tem entrada gratuita, sem necessidade de retirada de ingressos.

O Araraquara Rock 2018 chega sob o lema “Riffs de Todas as Cores” e até o dia 15 de julho, Araraquara vive o rock’n roll, indo do pop-rock ao death metal, juntando e misturando descendentes orientais, africanos, indígenas, europeus! Celebrar a diversidade cultural e étnica no rock brasileiro é a proposta desta edição.

Vale lembrar que no dia 14 os shows também se concentram no Teatro de Arena Prefeito Benedito de Oliveira, enquanto o fechamento da edição será realizado na Praça Scalamandré Sobrinho no domingo (15).

Toda a programação é gratuita e pode ser acompanhada pelo evento no Facebook ou pelo site da Prefeitura de Araraquara. 

As bandas araraquarenses No Hands e Intranze abrem as atividades no Teatro de Arena, nesta sexta. Na sequência, o som pesado e melódico do Gloria vem para agitar ainda mais a atmosfera do local e, para fechar a noite com chave de ouro, uma das maiores bandas do rock nacional de todos os tempos: Plebe Rude. Confira mais sobre as bandas:

 

No Hands (Araraquara)

“Procure o que te faz feliz e corra atrás.” Assim começou o sonho de cinco moleques de Araraquara em ter uma banda e cativar o público com músicas que valorizam melodia, harmonia e letras. Hoje o sonho parece mais real e com sua formação definitiva a No Hands dá importantes passos: recentemente, tem sua música escolhida como Tema Oficial do Festival Araraquara Rock; é finalista do Festival Bandas Novas, com bandas de todo o país; é finalista do renomado Festival João Rock (2015 e 2016) e fecha contrato com o Midas Studio de Rick Bonadio (renomado produtor musical, que produziu centenas de bandas do Brasil, com destaque para Mamonas Assassinas, Charlie Brown Jr., CPM22, NXZero, Titãs...).

Querendo consolidar seu trabalho, a banda segue com seu lema de não deixar de fazer aquilo que os satisfaz. A formação atual da No Hands conta com: Luis Felipe Pinheiro (Luigi), vocalista; Diego Zenti (King), guitarra e backing vocal; Ricardo Brondi (Rica), guitarra e backing vocal; Jhonatan Ferraz (Jhony), baixo e Ivan Barrancos, bateria.

 

Intranze (Araraquara)

A Intranze, banda formada por um grupo de amigos em 2009, tem tocado durante esses anos com bastante destaque por Araraquara e região. Destaca-se na banda a veia musical interligada a bandas do fim dos anos 90 e início dos anos 2000.

O vocalista Mauri, interpreta com afinco e com uma voz característica rara. A banda inclui no seu setlist músicas de artistas como CPM 22, Raimundos, Charlie Brown Jr, que dão o toque rebelde de juventude que fazia e curtia rock and roll no início desse século. Existe ainda a determinação dos integrantes de contribuírem criando músicas de autoria própria que só confirmam as suas influências sonoras.

A banda formada por Mauri Ortiz, Gui Zampieri, Luan Raphael, Edgard Neto e Felipe Claro, amigos que trazem ao palco toda a afinidade que existe fora dele. A Intranze vai além do simples e traz diversão ao público na medida certa, ou além dela para os desavisados sobre o que é a banda.

Em 2018 a banda finalizou a produção da sua nova EP com 8 músicas inéditas que terá início das gravações no próximo mês e está extremamente ansiosa para apresentar as novas músicas ao público, o fôlego da banda aparece renovado com um show ainda melhor preparado do que o de anos anteriores, deixar você "em transe" será um mero detalhe.

 

Gloria

A banda paulista Gloria foi formada em 2002 por Mi Vieira e, desde o começo, sempre fez parte dos grandes shows e festivais independentes de SP, fazendo com que ficasse conhecida logo no seu primeiro ano de existência.

Com dois CDs lançados por selos independentes, a banda acumulou fãs fiéis pelo país inteiro, chamando atenção em suas apresentações sempre com energia de sobra.

A banda misturou o peso do Metal com um toque melódico, fazendo com que essa mistura fosse o seu diferencial. Com este estilo pouco conhecido no Brasil, o Gloria representou com muito mérito e fez com que o faro do produtor musical Rick Bonadio (Nxzero, Fresno, CPM 22 – entre outros) fosse estimulado, abrindo a oportunidade pra integrar a banda no cast da Arsenal/ Universal Music em 2008.

A banda somou mais de 1 milhão de downloads no site Tramavirtual onde já chegou a ter 7 musicas no top 10 do mesmo por mais de 1 ano.

A banda já se apresentou no Estúdio Show Livre ao vivo, e bateu o recorde de audiência do programa com mais de 30 mil pessoas conectadas.

O lançamento do primeiro CD proporcionou algumas quebras de barreiras para uma banda até então “não comercial”, participando de programas como Pânico na Rádio Jovem Pan, Chupim da Rádio Metropolitana, Estúdio Transamérica ao vivo – entre vários outros. Em2009 a banda foi indicada ao Premio Multishow, Meus Prêmios Nick, VMB e Capricho Awards - todos na categoria Revelação.

Após algumas mudanças no ano de 2016, mais de 30 shows com a nova formação e depois de quatro anos sem lançar um disco, o Gloria - formado por Mi Vieira, Peres Kenji, Elliot Reis, Thiago Abreu e Leandro Ferreira - lançou seu primeiro single do novo EP da banda, nomeado “Quinto”, com cinco faixas inéditas.

 

Plebe Rude

A banda Plebe Rude - uma das primeiras bandas punks do país, surgida nos anos finais da ditadura militar - lançou em todas as plataformas de streaming, o álbum “Primórdios”, com canções compostas entre 1981 e 1983, e, dentre elas, nove músicas inéditas. E o público do Araraquara Rock vai poder conferir tudo isto ao vivo e a cores!

“Primórdios” apresenta conteúdo ao vivo, gravado no final de 2017 durante um show no Espaço Som, em São Paulo, produzido pelo Showlivre.com e dirigido por Walter Abreu e Rapha Al. O audiovisual fica disponível no Showlivre.com, por meio do canal no Youtube. O show será apresentado em turnê por todo o país e Araraquara não fica fora desta!

A ideia do álbum surgiu após o lançamento do livro “Meninos em Fúria”, uma co-autoria do integrante Clemente Nascimento (guitarra e voz) e do escritor Marcelo Rubens Paiva, quando Philippe Seabra (guitarra e voz, igualmente) viu a necessidade de também resgatar suas memórias para um futuro livro – ainda em fase de escrita. Durante suas pesquisas sobre as músicas iniciais, como foram feitas e inspiração por trás delas, junto com André X (baixo e voz), Seabra percebeu a força daquele trabalho pioneiro, que ficou enterrado por baixo do peso do primeiro álbum, “O Concreto Já Rachou”, e do segundo “Nunca Fomos tão Brasileiros”.

“Esse registro é mais que um resgate. É a comemoração de um tempo onde a música conectava as pessoas. Onde o faça-você-mesmo dependia de amigos, suor e lágrimas. Onde o mundo era muito maior do que parece hoje e tínhamos que nos unir para não sermos engolidos pelo sistema. São músicas rústicas, inocentes e simples, mas feitas numa época que o que importava era estar no palco cantando para gente igual a você, sobre problemas em comum: falta de perspectiva, tédio, desinformação, censura, controle e adolescência”, finaliza André X.

 

Serviço:

Araraquara Rock 2018

• Sexta-feira (13 de julho) – abertura dos portões: 18h30

Local: Teatro de Arena Prefeito Benedito de Oliveira (Av. Adhemar Pereira de Barros, s/n° - Melhado)

Shows: No Hands, Intranze, Gloria e Plebe Rude