agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Entretenimento
FALE COM A REDAÇÃO:

Por que mais de 100 mil pessoas pedem que a Netflix cancele lançamento de série

'Série vai causar distúrbios alimentares e perpetuar a objetificação dos corpos femininos', argumenta petição
Postado em: 25/07/2018 às 10:24
Autor: Redação
Por que mais de 100 mil pessoas pedem que a Netflix cancele lançamento de série

Mais de 100 mil pessoas assinaram uma petição online que pede que uma nova série da Netflix, "Insatiable" (o nome original em inglês foi mantido para o público brasileiro) não estreie.

Desde que seu primeiro trailer foi lançado, em 12 de julho, o drama adolescente foi acusado de "fat-shaming" - em tradução livre, algo como "humilhação por conta do peso".

A série traz a atriz Debby Ryan no papel de uma adolescente alvo de implicância e bullying de outros alunos por conta de seu peso. Ela resolve, então, se vingar depois de emagrecer.

A atriz usou enchimentos para gravar cenas do período anterior à perda de peso da personagem, durante as férias escolares.

Patty é agredida com um soco e quebra o maxilar por conta dos ferimentos. No trailer, ela diz: "Isso me fez perder mais que minhas férias de verão".

 

'Devastação de insegurança'

"Por muito tempo, as narrativas falaram às mulheres e jovens garotas impressionáveis que, para ser popular, ter amigos, para se tornar desejada pelo olhar masculino e, em alguma medida, para ser um ser humano de valor, é preciso ser magra", diz Florence, autora da petição online.

"Ainda temos tempo para impedir que esta série seja lançada e cause a devastação de insegurança nas mentes de jovens meninas que irão pensar que, para serem felizes e valiosas, precisam perder peso."

"Esta série vai causar distúrbios alimentares e perpetuar a objetificação dos corpos femininos."

'Esperem e assistam'

A petição está pedindo que a Netflix cancele a série, em vez de lançá-la em 10 de agosto, como planejado.

Ryan, que interpreta a personagem, defendeu Insatiable nas redes sociais, dizendo que "se preocupa profundamente" com o modo como os corpos femininos são "humilhados e policiados na sociedade".

"Nos últimos dias, vi quantas vozes são protetoras e potentes sobre os temas que aparecem na história", escreveu a atriz no Twitter.

"Fui atraída pela proposta dessa série sobre o quão difícil e assustador pode ser existir em um mundo com o seu corpo, seja porque você está sendo elogiada ou criticada por seu tamanho. E também sobre como é rezar para ser ignorada porque isso é mais fácil do que ser vista."

"Espero que os fãs esperam e assistam a série antes de julgar", acrescentou.

A Netflix descreve a série como uma "comédia de vingança" em que Patty passa de vítima de bullying a uma candidata a se tornar "a rainha do país" em um concurso.

Insatiable tem enfrentado críticas nas redes sociais desde a estreia do trailer - entre os críticos, está a atriz e ativista pela quebra de padrões estéticos Jameela Jamil.

Outras pessoas, porém, têm defendido o uso da comédia para lidar com questões como bullying e a pressão pela magreza.