Destaque no cenário do blues, Marcio Rocha lança seu primeiro disco no Sesc

“No blues até os ossos” reflete a sintonia e a excelência dos músicos envolvidos, em show gratuito e aberto ao público

Compartilhe

 Destaque no cenário do blues, Marcio Rocha lança seu primeiro disco no Sesc

O bluseiro Márcio Rocha, radicado em Araraquara, lança seu primeiro CD "No Blues até os Ossos" na próxima sexta-feira, às 20h, no Sesc Araraquara. Em constante pesquisa de repertório, faz dessa música o principal motivo de sua carreira.

Com mais de vinte anos dedicados ao gênero, Márcio se destaca no interior paulista pelo ensino, difusão e interpretação desta linguagem. Este trabalho que apresenta agora, lançado pelo selo Blue Crowfish Records e gravado no estúdio Rancho Rockfeller, conta com a produção musical de Netto Rockfeller.

O disco traz canções de sua autoria, com letras em português, participações especiais de David Tanganelli (Harmônica), Murilo Barbosa (Piano), João Leopoldo Aguiar (Hammond), Danny Vincent (Guitarra) e Edu Gomes (Guitarra), além dos músicos Danilo Hansen (Bateria) e Felipe Côrtes (Contrabaixo) e Netto Rockfeller (Guitarra e produção musical)

Sobre Márcio Rocha

Natural de São Roque/SP, Márcio Rocha é diretor de produção, músico, cantor e professor de guitarra, violão e viola caipira; ministra cursos sobre blues difundindo o gênero e sua história e formando novos músicos e ouvintes.

            Fisgado pelo blues no início da década de 90, desenvolveu seu estilo por seus riffs marcantes e bends intensos, peculiares do gênero. Ao lado de reconhecidos músicos que são parte da história do blues, como Deacon Jones, Kenny Brown, Donald Kingsey, Big Time Sarah, Danny Vincent, Jimmy Red, Blues Etílicos, Fernando Noronha & Black Soul, Lancaster Ferreira, Flávio Naves, André Christovam, Irmandade do Blues e Made in Brazil, participou e se apresentou em diversos festivais da região.

Idealizou e coordenou o projeto Oficina de Blues, de 2001 a 2006, na Secretaria Municipal de Cultura de Araraquara e em Oficinas Culturais Regionais do governo do estado de SP do interior paulista. Produziu o projeto Música na Escola - A influência da África na música das Américas, realizado na Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Cultura de Araraquara. Foi contemplado pelos editais do Sesi em Franca, Araraquara, Rio Claro, Ribeirão Preto, São Carlos e São José do Rio Preto com os projetos: “Viagem ao Universo do Blues” e “Raízes do Blues”. 

            Na área de produção, participou na organização do festival Araraquara Rock, desde a primeira edição, em 2002, até o ano de 2008. Foi um dos idealizadores das quatro edições da Mostra de Artes Circenses do Interior Paulista (contempladas por editais públicos, estadual e federal), realizadas em Araraquara e Sorocaba pela Asfaci – Associação de famílias e Artistas Circenses - da qual é um dos fundadores. Participou da organização da Opereta Caipira – Espetáculo realizado com alunos do projeto Oficinas Culturais, da Secretaria Municipal de Cultura de Araraquara, em dezembro de 2004.