agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Araraquarense luta nesta quinta nos EUA

Lívia Renata Souza enfrenta Janaisa Morandin pelo Invicta FC
Postado em: 31/08/2017 às 01:53
Autor: Carlos André de Souza
Araraquarense luta nesta quinta nos EUA
Lívia fará sua quarta luta pelo Invicta FC nos Estados Unidos. Foto: Invicta FC

O Tachi Palace Hotel e Cassino, em Leemore, Califórnia, nos Estados Unidos, recebe nesta quinta-feira (31) a 25ª edição do Invicta FC, maior competição de MMA feminino do mundo. Um dos destaques da noite é a luta da araraquarense Lívia Renata Souza, que fará seu quarto combate pelo Invicta e pela primeira vez enfrentará outra brasileira, a catarinense Janaisa Morandin. O confronto está previsto para durar três rounds e é válido pelo peso-palha (até 52Kg).

Lívia possui um cartel de onze lutas, com apenas uma derrota e dez vitórias, sendo sete por finalização, duas por nocaute e uma por decisão dos árbitros. Ela viajou no início da semana para os Estados Unidos, acompanhada dos técnicos Vinicius e Kleber Máximo, da Team Máximo. A atleta de 26 anos mostra muito otimismo para o duelo. "Essa é uma luta muito importante e pontual, pois é a última do meu contrato com o Invicta FC e estou totalmente focada em vencer e continuar na busca do título ou seguir pro UFC", explica.

A araraquarense foi campeã peso-palha do Invicta em 2015, quando superou a finlandesa Katja Kankaanpaa por finalização. Em sua primeira defesa de cinturão, Lívia bateu DeAnna Bennett, mas na luta seguinte foi superada por Angela Hill por decisão da arbitragem e sofreu sua única derrota na carreira. Em seu último desafio, a araraquarense nocauteou em pouco mais de um minuto de luta a ex-campeã do peso-átomo (até 48kg), a japonesa Ayaka Hamasaki.
 

A adversária

Em sua quarta luta no Invicta, Lívia enfrentaria Jodie Esquibel, mas a lutadora norte-americana se lesionou e acabou cortada do evento, o que abriu espaço para Janaisa, que era para ter feito sua primeira luta em março contra Jinh Yu Frey, mas não bateu o peso e a adversária não aceitou o duelo. Janaisa já foi campeã do Aspera FC e possui um cartel de nove vitórias em nove lutas. "Ela é mais boxeadora, bate bem alinhadinho. Tenho que jogar bastante protegida e ciente de todos os golpes serem conectados e expressivos", analisou Lívia.
 

Homenagem ao pai

Lívia promete buscar a vitória para homenagear seu pai, Aparecido Luiz de Oliveira Souza, que faleceu no último dia 12 de agosto em um acidente na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-255). "Vou dar a vida nessa luta, pois preciso honrar a memória do meu pai. Meu pai sempre foi meu herói, meu ídolo e meu maior incentivador nas lutas. Preciso dessa vitória para honrar a vida que ele deu por mim", concluiu a lutadora.