agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Ciclismo de Araraquara tem bom desempenho em Palmas

No Campeonato Brasileiro, atletas da Fundesport/Nacional Bikes enfrentaram grandes adversários sob calor de 40 graus
Postado em: 29/06/2022 às 22:25
Autor: Redação
Ciclismo de Araraquara tem bom desempenho em Palmas
Equipe Fundesport/Nacional Bikes teve bom desempenho no Brasileiro de Ciclismo. Foto: Divulgação

Os sete atletas da equipe da Fundesport/Nacional Bikes tiveram um bom desempenho no Campeonato Brasileiro de Ciclismo, disputado entre os dias 24 (sexta-feira) e 26 de julho (domingo), em Palmas, capital do Tocantins.

Após uma viagem de 32 horas de ônibus de carreira, que teve início na quarta-feira (22), a equipe de base do ciclismo araraquarense iniciou as disputas na manhã de sexta-feira sob forte calor e vento intenso, além da baixa umidade relativa do ar, segundo o técnico João Mantovani.

E os melhores resultados de Araraquara neste Brasileiro foram obtidos pela base, de acordo com o treinador. Na categoria Infanto-juvenil, por exemplo, Pedro Henrique M. Rodrigues chegou na 5ª posição.

Na categoria Juvenil, mesmo fazendo uma grande corrida, Leonardo Ribeiro Fernandes não conseguiu a medalha. “No início, ele se desgarrou e abriu uma vantagem de mais de dois minutos e meio. Mas, com o desgaste provocado pelo forte calor, acabou alcançado pelo pelotão”, explica Mantovani.

Na classificação geral, Leonardo acabou em 10º lugar, enquanto o outro atleta da mesma categoria, Guilherme de Oliveira Moura, foi o 17º.

Na categoria Júnior, atrapalhado pelo tombo de outro ciclista, Renan Aparecido Pacheco saiu da pista para evitar a colisão e, com isso, não conseguiu terminar a prova.

Elite

No domingo, pela categoria Elite, na corrida de 186 quilômetros de percurso, Ivan Jorge abandonou a prova por volta dos 100 km. O melhor de Araraquara nesta categoria foi Rafael Generoso, que chegou em 43º lugar, enquanto Elivelton Pedro, em 50º.

“A prova foi extremamente difícil. Tanto que dos 150 ciclistas que largaram, menos de 60 deles conseguiram cruzar a linha de chegada”, acrescenta o técnico.

Balanço positivo

Ainda de acordo com João Mantovani, o balanço da participação de Araraquara foi bastante positivo em Palmas. “Achei excelente o resultado, já que há tempos a cidade não via nossos ciclistas terminando uma prova de grande competitividade, tanto na base quanto na Elite”, analisa.

Vale destacar que o vencedor na categoria Elite foi Vinícius Rangel, único ciclista brasileiro que corre na Europa por uma equipe de alto escalão do Pro Tour da UCI (União Ciclística Internacional), a espanhola Movistar. E outro araraquarense, Lauro Chaman, da equipe Memorial Santos, foi o campeão da prova contra-relógio.