agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Seleção Feminina é eliminada pela França

Seleção Brasileira joga bem, mas perde para a França na prorrogação
Postado em: 23/06/2019 às 18:58
Autor: Redação
Seleção Feminina é eliminada pela França
Brasileiras têm boa atuação, mas não conseguiram ficar com a classificação. Foto: CBF

O Brasil se despediu da Copa do Mundo Feminina ao ser superado pela França, por 2 a 1, na prorrogação na tarde deste domingo (23) no Estádio Oceáne, em Le Havre. Gauvin e Thaísa fizeram os gols no tempor normal, mas Henry marcou o tento que eliminou a Seleção Brasileira no início da prorrogação.

Marta, que vinha com um problema muscular nas últimas semanas, jogou toda a partida, inclusive a prorrogação, mas não conseguiu vencer a forte marcação francesa. Quem teve de deixar o campo foi a centroavante Crisitiane, que sentiu uma lesão muscular no início da prorrogação.

Com a forte pressão no estádio, o Brasil conseguiu quebrar o gelo aos oito minutos. Marta pegou uma sobra no meio de campo, driblou duas marcadoras e chutou de perna esquerda para fora. Na sequência, com 10, Henry encontrou espaço na intermediária e soltou uma bomba, mas passou por cima do gol de Bárbara, que só acompanhou.

A França ficou perto de abrir o placar aos 22 minutos. Diani passou pela marcação de Tamires e cruzou para a pequena área. Gauvin se antecipou a marcação, dividiu com a Barbara e jogou para o fundo das redes. A árbitra chegou a validar o gol, mas reviu o lance com o auxilio do VAR e anotou um toque de mão da atacante, anulando o primeiro tento.

Mesmo com a pressão do time da casa, o Brasil continuou com a bola no pé e conseguiu criar as melhores oportunidades da partida. Com 42 minutos, Debinha encontrou espaço pela esquerda, carregou e quase foi desarmada, mas a bola caiu nos pés de Cristiane. A atacante foi para a linha de fundo e bateu cruzando, buscando Ludmilla, mas a goleira defendeu com o pé.

No segundo tempo, aos seis minutos, a França conseguiu abrir o placar em lance muito parecido ao que aconteceu no primeiro tempo. Diani teve liberdade pela direita e passou pela marcação de Tamires e cruzou rasteiro para o meio, Gauvin, de carrinho, só empurrou.

Praticamente na sequência, com nove minutos, Marta cobrou falta na medida para Cristiane, que testou bonito e acertou o travessão. A França respondeu aos 16, com a artilheira Le Sommer, que cortou para o meio e bateu forte. A bola tinha endereço, mas bateu na companheira Gauvin no meio do caminho e foi para fora.

No melhor momento francês na partida, o Brasil conseguiu buscar o empate. Debinha recebeu em velocidade pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio. A marcação tentou o corte, mas a bola caiu nos pés de Thaísa, que bateu firme para o fundo das redes aos 18 minutos. A auxiliar anotou impedimento no início do lance, mas com o auxílio do VAR validou o gol brasileiro.

O Brasil chegou a virar o jogo aos 41 minutos, em um lance de muita inteligência pelo meio de campo. Cristiane levantou a cabeça e encontrou Tamires livre pela esquerda, a lateral carregou até a grande área e bateu na saída da goleira, mas a auxiliar anotou corretamente o impedimento no início do lance. Com o empate mantido, o jogo foi para a prorrogação.

A grande chance do primeiro tempo da prorrogação foi do Brasil. Geyse fez o pivô e encontrou Debinha em velocidade pela esquerda. A atacante carregou por todo o campo de ataque, passou na frente da marcação e bateu na saída da goleira. A bola ia morrer no fundo das redes, mas a zagueira Bathy conseguiu cortar praticamente em cima da linha.

Sem gols na primeira parte, as francesas precisaram de apenas uma oportunidade para decretar a vitória. Majri cobrou uma falta açucarada em direção à linha da pequena área, a marcação do Brasil parou e Henry completou no cantinho de Bárbara, com apenas um minuto do segundo tempo da prorrogação.

O jogo ficou aberto na sequência, mas as defesas levaram a melhor e o placar permaneceu inalterado, decretando a eliminação da Seleção Brasileira.

 

Relacionadas

Carlos André de Souza
Guerreiras Grenás perdem em casa para o Internacional
14/07/2019 às 18:53

Notícias

Carlos André de Souza
Guerreiras Grenás perdem em casa para o Internacional
14/07/2019 às 18:53