agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Ferroviária se despede da Série D

Após mais um empate sem gols, Locomotiva perde para o Cianorte nos pênaltis no Paraná
Postado em: 23/06/2019 às 18:22
Autor: Carlos André de Souza
Ferroviária se despede da Série D
Ferroviária não conseguiu fazer gols na partida de volta e acabou eliminada no Paraná. Foto: Beto Boschiero/AFE

A Ferroviária está fora do Campeonato Brasileiro da Série D. Na tarde deste domingo (23), a Locomotiva foi até o Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR, onde empatou com o Cianorte por 0 a 0 pelo jogo de volta do mata-mata da segunda fase da competição nacional. Com o mesmo placar do jogo de ida, a decisão foi para os pênaltis e a equipe araraquarense levou a pior pelo placar de 4 a 3.

Assim, a equipe do técnico Vinícius Munhoz se despede da Série D e foca agora na Copa Paulista, que teve início neste domingo. A estreia afeana está marcada para a próxima quarta-feira (26), às 19 horas, contra o Mirassol no Estádio José Maria de Campos Maia, casa do adversário. Como já possui vaga confirmada na Série D do ano que vem, a Ferroviária utilizará a Copa Paulista para tentar obter a vaga para a Copa do Brasil.

 

O jogo

A Ferroviária levou perigo aos 4 minutos de jogo, quando Cristian fez o cruzamento na área, Léo Castro cabeceou e o zagueiro Maurício desviou para fora. Aos 16, foi a vez do Cianorte atacar pela primeira vez com um chute de Wesley que parou na defesa do goleiro Gabriel Leite em seu canto direito. A Locomotiva voltou a assustar aos 23, quando a defesa erro uma saída de bola, Léo Castro avançou pelo meio e arrematou da entrada da área, mas o goleiro Bruno encaixou em seu canto direito.

Aos 35, o goleiro afeano Gabriel Leite viu a bola acertar o travessão após pegar efeito depois de uma dividida na área. Aos 37, a Dedê fez jogada pela ponta direita e fez o cruzamento, mas faltou muito pouco para Léo Castro alcançar a bola para fazer o gol. Aos 41, após boa triangulação afeana, Hygor acionou Léo Castro, que dominou na meia-lua da área, girou e bateu forte, mas a bola passou raspando o ângulo direito do goleiro Bruno.

O segundo tempo começou e aos 3 minutos a Ferroviária quase marcou com Roberto, que entrou no lugar de Cristian no intervalo. Ele arriscou um chute rasteiro de fora da área e o goleiro Bruno fez a defesa em canto direito. Aos 9, em cobrança de escanteio lançada na área, Roberto desviou de cabeça e a bola passou perto da trave.

Aos 14, após boa jogada do time araraquarense, Hygor bateu colocado de fora da área e a bola acertou na trave esquerda do goleiro Bruno. No rebote, Léo Castro dividiu e voltou a acertar a trave, mas a arbitragem anulou o segundo lance por impedimento. Aos 43, após cobrança de escanteio cruzada na área, Raniele subiu mais que a defesa, cabeceou firme e a bola passou raspando a trave.

Aos 43, Gabriel Leite defendeu uma bola cabeceada por Frontini. Aos 47, foi a vez do ex-afeano Tom arriscar uma bomba de fora da área e exigir uma grande defesa do goleiro da Ferroviária.

 

Nos pênaltis

Léo Castro foi para a primeira cobrança da Ferroviária e deslocou o goleiro para abrir o placar. O ex-afeano Tom acertou o canto direito de Gabriel Leite e marcou para o Cianorte.

Na segunda série, Roberto também acertou o canto direito para recolocar a Locomotiva na frente do placar. Na cobrança do Cianorte, Frontini acertou o lado esquerdo de Gabriel Leite e igualou.

Dedê Costa foi para a terceira série e bateu forte, no alto, sem chances de defesa. Para o time da casa, Weriton acertou o lado direito do goleiro e voltou a empatar.

Raul bateu o quarto pênalti afeano, à meia-altura do lado direito, e parou na defesa do goleiro. Rodrigo Alves bateu forte, fez o gol e colocou o Cianorte em vantagem.

Na quinta cobrança afeana, o goleiro Gabriel Leite foi para a cobrança e bateu para fora, à esquerda do gol, para alegria do time da casa: 4 a 3 e eliminação afeana em Cianorte.

 

FICHA TÉCNICA

CIANORTE-PR 0 x 0 FERROVIÁRIA (4 x 3 nos pênaltis)
Local
: Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR;
Data/Horário: Domingo, 23 de junho, 16h;
Arbitragem: Christiano Gayo Nascimento (DF), auxiliado por José Reinaldo Nascimento Júnior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF);
Cartões amarelos: Maurício e Rodrigo Alves (Cianorte); Dedê Costa e Caíque (Ferroviária);
 
CIANORTE - Bruno; Weriton, Breno, Maurício e Willian; Gercimar, Calabrês (Guioto), Tom e Filipe Ramón; Wesley (Frontini) e Madalena (Rodrigo Alves). Técnico: Bolivar;

FERROVIÁRIA - Gabriel Leite; Marcos Ytalo, Raniele, Luis Felipe e Arthur; Daniel, Clayton (Caíque), Cristian (Robeto) e Dedê Costa; Hygor (Raul) e Léo Castro. Técnico: Vinicius Munhoz

 

Relacionadas

Redação
Técnico da Ferroviária valoriza campanha
15/07/2019 às 22:13
Carlos André de Souza
Ferroviária vence o Comercial e é líder
13/07/2019 às 19:57
Carlos André de Souza
Come-Ferro tem retrospecto equilibrado
13/07/2019 às 02:15

Notícias

Redação
Técnico da Ferroviária valoriza campanha
15/07/2019 às 22:13
Carlos André de Souza
Ferroviária vence o Comercial e é líder
13/07/2019 às 19:57
Carlos André de Souza
Come-Ferro tem retrospecto equilibrado
13/07/2019 às 02:15