agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Ferroviária bate o Avaí e avança na Copa do Brasil

Locomotiva vence time catarinense por 2 a 0 na Fonte Luminosa e assegura classificação
Postado em: 13/02/2020 às 19:32
Autor: Carlos André de Souza
Ferroviária bate o Avaí e avança na Copa do Brasil
Hygor e Henan marcaram os gols da vitória afeana na Fonte. Foto: Tiago Pavini/AFE

A Ferroviária está na segunda fase da Copa do Brasil 2020. O time araraquarense conquistou sua classificação ao bater o Avaí-SC por 2 a 0 na tarde desta quinta-feira (13) no Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara. A equipe catarinense contava com a vantagem do empate, o que não fez diferença pelo placar construído com gols de Henan e Hygor, ambos no segundo tempo. Antes dos gols, a Ferroviária chegou a perder um pênalti com Tony.

Na próxima fase, a equipe do técnico Sérgio Soares enfrentará o Águia Negra-MS, que nessa primeira fase eliminou o Sampaio Corrêa-MA com uma vitória em casa por 2 a 1. Na segunda fase, os mandos de campo já estarão definidos conforme o sorteio, mas em caso de empate, a disputa será nos pênaltis. 

A Ferroviária volta agora suas atenções para o Campeonato Paulista. O time voltará a campo no próximo domingo (16), às 19 horas, contra o Santos na Fonte Luminosa. Na rodada seguinte, a Locomotiva enfrentará a Ponte Preta no sábado (22), às 19 horas, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.


O jogo

A partida teve um início movimentado na Fonte. O primeiro lance de perigo foi da Ferroviária, aos 5 minutos, quando Claudinho recebeu pelo lado esquerdo da área, encheu o pé e parou em uma defesa do goleiro Lucas Frigeri. No contra ataque, o Avaí assustou quando Jonathan recebeu pela esquerda e rolou na entrada da área para Bruno Silva acertar uma bomba que acertou o travessão do goleiro Saulo.

A Ferroviária perdeu o zagueiro Carlão machucado aos 10 minutos, quando Elton assumiu a vaga. Na sequência, Hygor aproveitou cruzamento na área e cabeceou de frente para o gol, mas a bola bateu no travessão e quicou sobre a linha, antes de o goleiro afastar. A torcida afeana pediu gol no lance. Aos 16, em outra bola alçada na área, Hygor cabeceou e a bola raspou a trave esquerda de Lucas Frigeri.

Ainda antes do intervalo, o Avaí também foi obrigado a fazer uma substituição, quando Arnaldo deslocou o ombro e deu lugar a Lourenço. Apesar da insistência das duas equipes, a segunda parte do primeiro tempo não teve chances claras de gol.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo. Logo aos 2 minutos, Claudinho lançou na área para Henan, que antes de dominar foi derrubado pelo goleiro. Na cobrança do pênalti, Tony bateu à meia-altura do lado direito do goleiro, que espalmou e evitou o gol.

Aos 7 minutos, foi a vez do Avaí desperdiçar uma grande chance quando Rildo rolou na marca do pênalti para Bruno Silva finalizar de frente para o gol e parar em uma grande defesa de Saulo, que espalmou em seu canto direito. Aos 19, o goleiro afeano fez uma defesa à queima-roupa em um chute de Jonathan, que finalizou de frente para o gol.

Mas aos 21, a Ferroviária abriu o placar quando Claudinho recebeu na entrada da área, bateu rasteiro e o goleiro deu o rebote nos pés de Henan, que concluiu rasteiro para o fundo da rede: 1 a 0!

Aos 26, a Locomotiva ampliou quando o goleiro Saulo, em cobrança de falta, lançou a bola no campo de ataque, onde Hygor aproveitou o vacilo da defesa, arrancou e saiu de frente para o gol para tocar rasteiro no canto direito do goleiro: 2 a 0!

Aos 40, Hygor recebeu na  entrada da área e bateu rasteiro, mas a bola desviou na zaga antes de passar perto da trave esquerda de Lucas Frigeri. Nos acréscimos, o Avaí chegou a acertar o travessão em um chute de Alemão, mas a defesa afeana teve tranquilidade para segurar sua vantagem e selar a classificação.


FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2 x 0 AVAÍ
Local
: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara;
Data/Horário: Quinta-feira, 13 de fevereiro, 16h30;
Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Tiago Gomes da Silva.
Público: 1.398 pagantes;
Renda: R$ 18.040,00;
Cartões amarelo: Jonathan (Avaí);
Gols: Henan (21' do 2T) e Hygor (26' do 2T) para a Ferroviária;

FERROVIÁRIA – Saulo, Lucas Mendes, Carlão (Elton), Max e Euller (Patrick Brey); Mazinho, Tony e Claudinho; Felipe Ferreira (Léo Artur), Hygor e Henan. Técnico: Sérgio Soares;

AVAÍ - Lucas Frigeri; Arnaldo (Lourenço), Betão, Zé Marcos (Vinícius Jaú) e Capa; Airton, Pedro Castro, Bruno Silva e Valdivia (Valdívia); Rildo e Jonathan. Técnico: Augusto Inácio.

Relacionadas

Carlos André de Souza
Goleiro da Ferroviária 'cai nas graças' da torcida
24/02/2020 às 02:19
Carlos André de Souza
Ferroviária empata com a Ponte em Campinas
22/02/2020 às 21:03
Carlos André de Souza
Ferroviária encara a Ponte em Campinas
22/02/2020 às 01:06

Notícias

Carlos André de Souza
Goleiro da Ferroviária 'cai nas graças' da torcida
24/02/2020 às 02:19
Carlos André de Souza
Ferroviária empata com a Ponte em Campinas
22/02/2020 às 21:03
Carlos André de Souza
Ferroviária encara a Ponte em Campinas
22/02/2020 às 01:06