agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Ferroviária é eliminada da Copa do Brasil

Locomotiva sofre gol no último lance do jogo e se despede da competição nacional
Postado em: 25/08/2020 às 21:00
Autor: Carlos André de Souza
Ferroviária é eliminada da Copa do Brasil
Ferroviária empatava a partida até os últimos segundos de jogo em Minas Gerais. Foto: Tiago Pavini/AFE

A Ferroviária está fora da Copa do Brasil 2020. O time araraquarense fez um bom primeiro tempo contra o América-MG na noite desta terça-feira (25) no Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG, porém na etapa complementar pesou a falta de ritmo de jogo — o time grená ficou quase um mês sem entrar em campo — e acabou derrotado por 1 a 0. Rodolfo marcou o gol da vitória aos 49 minutos do segundo tempo, no último lance da partida.

Como o jogo de ida, disputado em março em Araraquara, terminou empatado sem gols, o time mineiro avançou à quarta fase e de quebra faturou uma premiação de R$ 2 milhões. 

"Saímos muito tristes, viemos para classificar. Acho que fizemos um bom jogo, explorando as beiradas, com uma saída rápida. Propusemos o jogo, mas em um detalhe perdemos a partida. Futebol é isso, acabou agora, vamos pensar no restante da temporada", explicou o zagueiro Max, da Ferroviária.

A Locomotiva volta agora suas atenções para o Campeonato Brasileiro da Série D, que ainda não teve sua tabela definitiva divulgada pela CBF, mas tem seu início previsto para 19 ou 20 de setembro, quando a equipe araraquarense enfrentará o Nacional-PR na cidade paranaense de Rolândia. Na Série D, a Ferroviária integra o Grupo A7 ao lado de Bangu-RJ, Cabofriense-RJ, Portuguesa-RJ, Cascavel-PR, Nacional-PR, Toledo-PR e Mirassol-SP.


O jogo

O primeiro lance de perigo do jogo ocorreu aos 8 minutos, quando o ataque do América-MG fez boa triangulação e a bola chegou à entrada da área para Rodolfo, que girou e bateu rasteiro para fora. Aos 17 minutos, foi a vez da Ferroviária assustar: após cobrança de escanteio ensaiada, a bola sobrou na entrada da área para Bruno Mezenga encher o pé, mas João Paulo, ao lado do goleiro, evitou o gol.

Aos 27, Rodolfo chegou perto de abrir o placar quando arrancou da intermediária, ganhou na corrida dos marcadores afeanos, invadiu a área e bateu cruzado, mas a bola passou perto da trave direita do goleiro Saulo. Mas a chance mais clara do primeiro tempo foi do time da casa aos 45 minutos, quando o ex-afeano Juninho recebeu dentro da pequena área, de costas para o gol e cercado pela marcação, rolou de lado para Daniel passar no meio da área, onde Matheusinho, de frente para o gol, bateu colocado e viu a bola acertar o travessão de Saulo.

O segundo tempo começou com outra boa chance do América: aos 4 minutos, Bauermann aproveitou cruzamento na área e cabeceou à direita do gol de Saulo. Logo no início da etapa complementar, a Ferroviária perdeu o lateral Bruno Recife, que deixou o campo machucado e deu lugar a Arthur. Aos 35, Neto Berola foi acionado pela esquerda e rolou no meio para Juninho, que finalizou por cima do travessão. O time da casa envolvia a Locomotiva, que teve seu primeiro chute a gol no segundo tempo somente aos 39, com William, que arriscou de longe por cima do gol. Aos 42, o América chegou perto do gol quando Neto Berola arrancou pelo meio e bateu de fora da área e a bola passou perto da trave esquerda de Saulo.

Mas o América fez o gol da vitória nos últimos segundos de jogo: aos 49, após boa troca de passes no campo de ataque, Daniel tabelou com Toscano e recebeu perto da linha de fundo para bater cruzado e ver Rodolfo, de frente para o gol e dentro da pequena área, tocar para a rede, sem chances de defesa para Saulo: 1 a 0 e fim de jogo no Independência.

 

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 x 0 FERROVIÁRIA
Copa do Brasil - 3ª fase - Jogo de volta (ida: 0x0)
Local
: Arena Independência, em Belo Horizonte-MG;
Data/Horário: Terça-feira, 25 de agosto, 19h;
Arbitragem: Marielson Alves Silva, auxiliado por Marcos Welb Rocha de Amorim e José Carlos Oliveira dos Santos;
Cartões amarelos: Neto Berola (América-MG); Max (Ferroviária);
Gols: Rodolfo (49' do 2ºT) para o América-MG;

AMÉRICA-MG - Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Eduardo Bauermann, João Paulo; Zé Ricardo (Kawê), Juninho e Alê; Matheusinho (Neto Berola), Rodolfo e Léo Passos (Marcelo Toscano). Técnico: Lisca;

FERROVIÁRIA - Saulo; Lucas Mendes, Anderson Salles, Max e Bruno Recife (Arthur); Dener (Willian), Tony e Fellipe Mateus; Jhoninha (Túlio Renan), Bruno Mezenga (Léo Castro) e Hygor (Will Viana). Técnico: Dado Cavalcanti.

Relacionadas

Carlos André de Souza
Ferroviária perde no Rio de Janeiro
25/10/2020 às 16:53

Notícias

Carlos André de Souza
Ferroviária perde no Rio de Janeiro
25/10/2020 às 16:53