agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Sob olhar de novo técnico, Ferroviária vence pela Série D

Paulo Roberto Santos acompanhou vitória sobre a Cabofriense-RJ na Fonte
Postado em: 14/10/2020 às 21:03
Autor: Carlos André de Souza
Sob olhar de novo técnico, Ferroviária vence pela Série D
Branquinho comemora o gol que abriu o placar na Fonte Luminosa. Foto: Jonatan Dutra/AFE

A Ferroviária venceu a Cabofriense-RJ por 3 a 1 em jogo realizado na noite desta quarta-feira (14) no Estádio da Fonte Luminosa, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A Locomotiva teve seus gols marcados por Branquinho, Fellipe Mateus e Hygor, enquanto Felipe marcou o gol do time visitante. Outro destaque afeano foi o goleiro Saulo, que defendeu um pênalti no primeiro minuto de jogo.

A Locomotiva foi orientada pelo técnico interino Leonardo Mendes, que volta a comandar a equipe sub-20 grená. O técnico Paulo Roberto Santos, que deve ser anunciado nas próximas horas como novo treinador da Locomotiva (leia mais), acompanhou o jogo em uma das cabines do estádio.

Com os resultados da rodada, o Bangu-RJ, que venceu o Toledo-PR fora de casa por 1 a 0, segue na liderança do Grupo A-7 com 14 pontos. A Ferroviária é vice-líder com 11, seguida de Mirassol-SP, Cascavel-PR, Portuguesa-RJ e Cabofriense-RJ (todos com 9 pontos), Nacional-PR (3) e Toledo-PR (que ainda não pontuou). A zona de classificação para a segunda fase envolve os quatro primeiros colocados.

Na próxima rodada, a Ferroviária encerrará o primeiro turno da fase inicial em confronto contra o líder Bangu-RJ, que será realizado no próximo sábado (17), às 15 horas, no Rio de Janeiro.


O jogo

Logo no primeiro minuto de jogo, após bola cruzada por Juninho, o zagueiro afeano Max derrubou o atacante Mascote dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. O próprio Mascote foi para a cobrança e parou em uma grande defesa do goleiro Saulo, que espalmou em seu canto esquerdo.

Mas a Locomotiva abriu o marcador aos 16 minutos de jogo, quando Tiago Marques foi acionado no ataque, invadiu a área e finalizou, o goleiro defendeu à queima-roupa, mas a defesa não conseguiu afastar e a bola chegou a Branquinho, que dominou e girou para bater no canto esquerdo: 1 a 0!

A Cabofriense iniciou o segundo tempo com um forte chute de longe de Natan que parou em uma boa defesa de Saulo. Aos 12, Tiago Marques roubou a bola do zagueiro pelo lado esquerdo da área e passou para Branquinho, que driblou o marcador e concluiu forte para exigir outra boa defesa do goleiro.

Aos 23, a Cabofriense igualou o marcador com Felipe, que bateu falta com precisão para encobrir a barreira e acertar o ângulo esquerdo de Saulo, que não teve chance de defesa: 1 a 1. 

Aos 29, a Locomotiva voltou a ficar à frente do marcador quando Jhoninha, que tinha acabado de entrar, fez boa jogada pela esquerda, foi até a linha de fundo e rolou no meio da área para Fellipe Mateus, que dominou e bateu firme rasteiro para estufar a rede: 2 a 1!

A Ferroviária ampliou sua vantagem com um golaço aos 31. Tony recebeu na entrada da área e deu bela assistência para Hygor, que teve tranquilidade para driblar o goleiro e tocar para a rede: 3 a 1!   

Ao fazer o gol, Hygor, que tinha acabado de entrar, sentiu lesão e saiu de campo machucado. Aos 37, Felipe voltou a bater falta com perigo e parou em boa defesa de Saulo. Mas o jogo terminou em 3 a 1.

 

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 3 x 1 CABOFRIENSE-RJ
Local
: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara;
Data/Horário: Quarta-feira, 14 de outubro, 19h;
Arbitragem: Roger Goulart (RS), auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Leandra Aires Cossette (SP);
Cartões amarelos: Max, Nando Carandina e Matheus Salustiano(Ferroviária); Lucas Cunha, Feitosa, Mascote e Felipe (Cabofriense);
Gols: Branquinho (16' do 1T), Fellipe Mateus (28' do 2T) e Hygor (31' do 2T) para a Ferroviária; Felipe (23' do 2T) para a Cabofriense;

FERROVIÁRIA - Saulo; Lucas Mendes, Matheus Salustiano, Max e Bruno Recife; Nando Carandina (Felipe Sampaio), Dener, Tony e Fellipe Mateus (Ian Lucas); Branquinho (Jhoninha) e Tiago Marques (Hygor, depois Dudu Vieira). Técnico: Léo Mendes;

CABOFRIENSE-RJ - George; Rhuan (Eric Bahia), Lucas Cunha (Pedrinho), Fellipe e Juninho; Feitosa (Campestrini), Magal (Larusso), Jobert e Natan; Wander e Mascote. Técnico: Toninho Andrade.

 

SÉRIE D - PRIMEIRO TURNO

19 de setembro - sábado
15h30 - Nacional-PR 1 x 4 Ferroviária

26 de setembro - sábado
18h - Ferroviária 1 x 1 Portuguesa-RJ

30 de setembro - quarta-feira
20h30 - Ferroviária 0 x 0 Cascavel-PR

4 de outubro - domingo
16h - Toledo-PR 2 x 6 Ferroviária

11 de outubro - domingo
19h - Mirassol 1 x 0 Ferroviária

14 de outubro - quarta-feira
20h30 - Ferroviária 3 x 1 Cabofriense-RJ

17 de outubro - sábado
15h - Bangu-RJ x Ferroviária



Relacionadas

Carlos André de Souza
Ferroviária conhece datas do mata-mata da Série D
01/12/2020 às 13:04
Carlos André de Souza
Sub-20 da Ferroviária goleia o Linense
30/11/2020 às 20:07

Notícias

Carlos André de Souza
Ferroviária conhece datas do mata-mata da Série D
01/12/2020 às 13:04
Carlos André de Souza
Sub-20 da Ferroviária goleia o Linense
30/11/2020 às 20:07