agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Há 63 anos, Pelé fazia o seu 1º gol em jogo oficial pelo Santos

'Rei do Futebol' ainda marcaria mais 1090 gols com a camisa alvinegra, sendo o maior goleador da história do clube
Postado em: 26/04/2020 às 23:23
Autor: Redação
Há 63 anos, Pelé fazia o seu 1º gol em jogo oficial pelo Santos
Fato histórico aconteceu no dia 26 de abril de 1957. Foto: Santos FC

Pelé é o maior artilheiro da história do futebol mundial com 1281 gols. Mas você sabe quando o ‘Rei do Futebol’ foi às redes pela primeira vez em um jogo oficial? O fato histórico aconteceu no dia 26 de abril no longínquo ano de 1957, no estádio do Pacaembu, em vitória diante do São Paulo pelo Torneio Rio-São Paulo.

Sob o comando do lendário técnico Lula, Pelé entrou no lugar de Dorval, futuro companheiro nos anos seguintes, e marcou o seu primeiro gol em jogo oficial pelo Santos no dia 26 de abril de 1957, em vitória por 3 a 1, diante do São Paulo no estádio do Pacaembu.

O confronto contou com nomes renomados do futebol brasileiro e mundial como o goleiro Manga, o meio-campista Zito, e os atacantes Dorval, Del Vecchio, Pagão e Pelé pelo lado santista. Já De Sordi e Mauro faziam parte do sistema defensivo tricolor e o ataque era formado por Gino Orlando, Dino Sani e Canhoteiro.

Naquela oportunidade, o Fluminense conquistou o título do Torneio Rio-São Paulo, com 16 pontos. O Santos foi a melhor equipe paulista, com 10 pontos, atrás ainda de Flamengo (11) e Vasco (11).

Após o primeiro gol, Pelé ainda faria mais 1090 tentos com a camisa do Santos, sendo até hoje, o maior artilheiro da história do clube. Pelé também é o maior goleador do futebol mundial com 1281 bolas nas redes adversárias.

 

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 x 1 SÃO PAULO

Local: Pacaembu, em São Paulo;
Data: 26 de abril de 1957;
Público: 19.498;
Renda: Cr$ 819.525,00.
Árbitro: Antonio Musitano;
Cartões vermelhos: Alfredo (SPFC) e Álvaro (SFC);
Gols: Pelé, Del Vecchio e Pagão (SFC) e Dino Sani (SPFC).

SANTOS: Manga; Hélvio (Gatúlio) e Ivan; Ramiro, Urubatão e Zito; Dorval (Pelé), Álvaro, Pagão, Del Vecchio e Tite. Técnico: Lula.

SÃO PAULO: Paulo; De Sordi e Mauro; Alfredo, Ademar e Pinheiro; Maurinho, Baltazar (Sarará), Gino, Dino Sani e Canhoteiro. Técnico: Bela Guttman.