Conselho Técnico define novidades para o Campeonato Paulista de Futebol Feminino

Ferroviária/Fundesport conquistou o título da competição pela última vez em 2013

Compartilhe

Ferroviária/Fundesport conquistou o título da competição pela última vez em 2013
Imagem: Matheus Biasiolo / Ferroviária/Fundesport

Nesta sexta-feira (17), aconteceu o Conselho Técnico para o Campeonato Paulista Feminino 2017, que tem início previsto para 8 de abril. Os clubes interessados na disputa participaram da reunião, que aconteceu na sede da Federação Paulista de Futebol.

Nesta temporada o torneio terá algumas novidades em relação à edição anterior. Uma delas é o número de substituições: os treinadores poderão fazer até seis trocas em três atos durante as partidas. Para tanto, o banco de reservas poderá ter até 23 atletas.

Ainda será permitida a inscrição de até 40 atletas, sendo 15 estrangeiras. No entanto, somente cinco podem atuar na mesma partida. Para a primeira rodada, a data limite de inscrição é o dia 31 de março.

Além disso, na fase de mata-mata, os times com melhor campanha não jogam mais com a vantagem do empate. Em caso de igualdade no placar, a decisão se dará nos pênaltis.

Por outro lado, o que permanece de forma mais abrangente é a Seleção do Campeonato Paulista Feminino. Nesta temporada, no entanto, capitãs e técnicos (as) de todos os times participantes vão escolher as melhores atletas e técnico (a) da competição. No ano passado somente os quadrifinalistas votaram.

Para a Coordenadora de Futebol Feminino da FPF, Aline Pellegrino, a expectativa é de que o Campeonato Paulista 2017 seja de alto nível. “Será um campeonato um pouco mais longo, e sem dúvidas vai ser o melhor Campeonato Paulista, especialmente em relação à parte técnica”, projetou.

Os participantes e grupos da competição serão divulgados na próxima terça-feira (21). A Ferroviária é a maior campeã estadual com quatro títulos, conquistados em 2002, 2004, 2005 e 2013 (foto).