Ferroviária vence o Corinthians na Fonte Luminosa

Com gol de Alan Mineiro, Locomotiva conquista sua segunda vitória no Paulistão e respira na luta contra o rebaixamento

Compartilhe

Com gol de Alan Mineiro, Locomotiva conquista sua segunda vitória no Paulistão e respira na luta contra o rebaixamento
Imagem: Tetê Viviani

A Ferroviária surpreendeu sua torcida e conquistou um importante resultado na tarde deste domingo na Arena Fonte Luminosa, onde venceu o Corinthians por 1 a 0 em duelo válido pela nona rodada do Paulistão 2017. Alan Mineiro marcou o gol da vitória aos 3 minutos do segundo tempo, em um lance polêmico.

A partida marcou a estreia do terceiro uniforme do time araraquarense, na cor azul em homenagem ao aniversário de 200 anos de Araraquara, que será comemorado no dia 22 de agosto de 2017. Outra novidade foi a entrada do goleiro Tadeu no lugar de Matheus, que vinha sendo o titular da posição desde o início da temporada. Contra o Corinthians, Tadeu foi eleito por muitos como o melhor atleta em campo, por ter realizado várias defesas que ajudaram a Locomotiva a superar a pressão do time visitante.

Com o resultado, a Locomotiva saiu da lanterna da classificação geral da competição, agora com 8 pontos (duas vitórias, dois empates e cinco derrotas), mas ainda se encontra dentro da zona de rebaixamento, acima apenas do Audax, com 7 pontos.

O jogo

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. Com o Corinthians tomando a iniciativa em seu campo ofensivo, coube à Ferroviária explorar os contra-ataques. Aos poucos, o time visitante foi encontrando mais espaços e a primeira oportunidade de gol ocorreu apenas aos 19 minutos, quando Fagner cruzou na medida para Jô cabecear, a bola passou pelo goleiro, mas Leandro Amaro conseguiu salvar, para alívio da torcida afeana.

Aos 22, foi a vez de Jadson receber na área e bateu firme, mas a bola passou rente à trave direita do goleiro afeano Tadeu. Aos 25, o camisa 1 da Ferroviária foi obrigado a fazer uma boa defesa em outro chute de Jadson, dessa vez de fora da área. Aos 39, Ferroviária criou uma boa chance com Elder Santana, que conduziu a bola pelo lado direito, invadiu a área, saiu de dois marcadores e chutou em cima de Cássio.

A torcida afeana chegou a comemorar um gol nos minutos finais do primeiro tempo, quando Leandro Amaro cabeceou para trás e Tiago Marques tocou para o fundo da rede, mas a arbitragem assinalou impedimento.

No segundo tempo, a Locomotiva voltou sem alterações e logo aos 3 minutos fez a alegria de sua torcida. Jonathan Bocão passou para Alan Mineiro, que foi derrubado por Fagner dentro da área. Na cobrança do pênalti, Cássio defendeu e a bola sobrou para o próprio camisa 10 da Ferroviária, que dominou e deu um toque com categoria para abrir o placar na Fonte: 1 a 0! Os jogadores do Corinthians reclamaram um toque de mão de Alan Mineiro no domínio após o rebote do goleiro.

Após o gol, o que se viu foi um verdadeiro jogo de ataque contra defesa, com o Timão pressionando em busca do gol do empate e a Locomotiva se segurando do jeito que podia. Foi aí que começou a brilhar a estrela do goleiro Tadeu, que defendeu um chute à queima-roupa de Marlone aos 6 minutos. No lance seguinte, foi a vez de Guilherme sair de frente para o gol e parar em outra defesa de Tadeu.

Aos 24, após cruzamento de Fagner, Jadson bateu firme e também parou em uma Tadeu. Nos minutos finais de jogo, enquanto o técnico do Corinthians, Fábio Carille, fazia alterações ofensivas, o afeano PC de Oliveira promoveu as entradas de jogadores de marcação, o que dificultou ainda mais para a equipe visitante conseguir entrar na área. Fim de jogo e vitória afeana na Fonte!

Próximos jogos

Na reta final do Paulistão, a Ferroviária terá pela frente São Bernardo (22 de março, quarta-feira, 19h30, na casa do adversário), Ituano (25 de março, sábado, 19 horas, na Fonte Luminosa) e encerrará sua participação na primeira fase em duelo contra o Botafogo (29 de março, quarta-feira, 21h45, em Ribeirão Preto).

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 1 x 0 CORINTHIANS
Local
: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara;
Data/Horário: Domingo, 19 de março, às 16 horas;
Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Bruno Salgado Rizo e Luiz Alberto Andrini Nogueira.
Público: 7.572 pagantes / Renda: R$ 350.270,00.
Cartões Amarelos: William Cordeiro, Kelvy (Ferroviária); Fagner, Pablo , Gabriel, Romero (Corinthians);
Gol: Alan Mineiro aos 3' do 2T (Ferroviária);

FERROVIÁRIA - Tadeu; Jonathan, Patrick, Leandro Amaro e Willian Cordeiro; Luean Renato Xavier (Rafael Castro), Kelvy e Alan Mineiro (Juninho); Tiago Marques e Elder Santana (Claudinei). Técnico: Paulo César de Oliveira.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Moisés; Gabriel (Pedrinho), Camacho, Jadson, Guilherme (Rodriguinho) e e Marlone (Romero); Jô. Técnico: Fábio Carille.