Técnico da Ferroviária analisa primeiros dias de trabalho

PC de Oliveira comanda preparação para confronto contra o Santos na Vila Belmiro

Compartilhe

PC de Oliveira comanda preparação para confronto contra o Santos na Vila Belmiro
Imagem: Carlos André de Souza

Em seus primeiros dias de trabalho a frente da equipe profissional da Ferroviária, o técnico PC de Oliveira prepara o time para um desafio complicado pelo Paulistão. Seu primeiro jogo será contra o Santos, time que marcou presença nas últimas oito finais estaduais. O duelo está marcado para este sábado, 18 de fevereiro, às 19h30, na Vila Belmiro, casa do adversário.

O treinador tem conversado muito com o elenco com o intuito de dar mais confiança e tranquilidade na busca pela primeira vitória na competição. “É importante marcar direção, estabelecer as diretrizes esportivas, devolver a eles a tranquilidade e tentar convencê-los, até porque o meu nome aqui gera uma certa desconfiança por ser um treinador de outra modalidade, de que a gente pode sim construir um bom time, um bom trabalho e uma relação de parceria com os atletas em prol da Ferroviária”, salientou o técnico.

O treinador conta que o clima do elenco melhorou após o empate por 1 a 1 com o Audax, que mesmo não sendo o resultado que o time precisava, serviu para gerar mais confiança. “Eles conseguiram reverter dentro do jogo, por si próprios, aquela situação ruim e estiveram muito próximos de vencer. Então encontramos o vestiário melhor, confiante e um pouquinho desconfiado pelos motivos que citei anteriormente. Mas a gente vai tentar dispersar essa desconfiança e fazer com que a equipe volte a produzir o que ela vinha produzindo desde o ano passado”, assegura.

PC valoriza o plantel santista, que mesmo com os prováveis desfalques – Ricardo Oliveira, Vanderlei, David Braz, entre outros – tende a manter a qualidade durante o jogo, por isso a Ferroviária deve se preparar para encarar um time que pretende mostrar dentro de campo porque é um dos favoritos ao título. “O Santos tem um elenco impressionante, e sabemos também a maneira como seus jogadores pressionam os adversários dentro da Vila Belmiro. Então sabemos que independente de como o Santos está, emocionalmente ou tecnicamente ou taticamente, é uma equipe forte, poderosa, que vai tentar encurralar o time da Ferroviária pra vencer o jogo”, finaliza o treinador.