Nadador araraquarense conquista mais um recorde sul-americano

Além da marca atingida em prova por equipes, Antônio Carlos Orselli conquistou três medalhas individuais em Minas Gerais

Compartilhe

Além da marca atingida em prova por equipes, Antônio Carlos Orselli conquistou três medalhas individuais em Minas Gerais
Imagem: Arquivo pessoal

No último final de semana, o nadador araraquarense Antônio Carlos Orselli voltou a se destacar e conquistou mais um recorde sul-americano em sua carreira. O feito foi alcançado no Campeonato Brasileiro de Outono, que foi realizado no Praia Clube de Uberlândia (MG). Orselli, de 74 anos, integrou o quarteto formado ainda por Guilherme da Silva (88 anos), Vera Simões (75) e Maria de Lourdes Sampaio (87), grupo que quebrou o recorde sul-americano da prova de revezamento 4x100 livre misto, categoria 320/359 anos.

A antiga marca, que vigorava desde 2013, pertencia a uma equipe do Icaraí, de Niterói, era de 8.36.11, e foi suplantada com o tempo de 7.30.69, mais de um minuto de diferença. O novo tempo é o terceiro melhor do mundo na categoria.

O araraquarense ainda voltou com mais três medalhas douradas na bagagem, já que faturou o primeiro lugar nas três provas individuais que participou: os 50, 100 e 200 metros peito, todas com tempos satisfatórios, sendo que em duas delas obteve marcas suficientes para que seu nome volte a entrar na lista do Top Ten da Fina de 2016.