agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Pacientes reclamam de abuso no uso do celular na UPA Central

Usuários dizem que, enquanto filas se formam para a pré-consulta, enfermeiros ficam distraídos em redes sociais
Postado em: 03/01/2018 às 18:30
Autor: Chico Lourenço
Pacientes reclamam de abuso no uso do celular na UPA Central
Clima entre enfermeiros e pacientes é tenso na UPA Central há meses (Foto: Portal Morada)

O desentendimento entre pacientes e profissionais da enfermagem se tornou corriqueiro na UPA – Unidade de Pronto Atendimento da Via Expressa, nos últimos meses em Araraquara.

O clima tenso extrapolou o limite das reclamações, chegando ao extremo de agressões verbais e físicas, com registro de Boletim de Ocorrência na Polícia Civil, em alguns casos.

Enquanto profissionais da equipe de enfermagem relatam frequentes casos de desacato, pacientes reclamam de mau atendimento. E, como complicador nesse relacionamento já considerado tenso, usuários da unidade de saúde afirmam que enfermeiros ficam em redes sociais, no celular, enquanto formam grandes filas no setor de pré-consulta.

“Enquanto as pessoas ficam esperando, esses funcionários ficam sentados mexendo no celular. Não adianta nada os médicos agilizarem as consultas e os enfermeiros não fazerem a medicação com a mesma porque ficam nesses equipamentos”, escreveu ao Jornal da Morada (AM/FM), um usuário que disse ter presenciado profissionais nessa situação.

Após o assunto ser abordado no programa de rádio, na manhã desta quarta-feira, dia 3, várias pessoas escreveram para a nossa reportagem confirmando que o problema existe na Unidade de Pronto Atendimento da Via Expressa.

 

Secretaria Municipal da Saúde

Procurada pelo Portal Morada, a Prefeitura respondeu que "a Secretaria de Saúde, assim como diversos setores da administração municipal, trabalham com a orientação para que os aparelhos de telefone celular sejam utilizados para assuntos relacionados a atividades de trabalho. Todos os servidores são orientados e advertidos quanto a utilização para fins pessoais durante os horários de expediente e prestação de serviço." Confira abaixo a reportagem completa produzida pelo programa de rádio.