agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Fim de horta comunitária deixa área pública em abandono

Terreno, tomado pelo mato alto, fica entre postinho e creche no Jardim Brasília. Denúncia obrigou moradores a encerrar projeto
Postado em: 11/01/2019 às 17:20
Autor: Chico Lourenço

Membros da associação de moradores do Jardim Brasília, em Araraquara, prometem reduzir a ações de zeladoria, que há anos têm resultado em melhorias no bairro e, consequentemente, colaborado com o Poder Público. O fim forçado de uma horta, mantida por moradores e cultivada em uma área da Prefeitura, desagradou o presidente da associação e muitos vizinhos.

No início da gestão Edinho Silva (PT), o presidente da associação do bairro, Jerônimo Ferreira, conseguiu autorização verbal na Prefeitura para produzir uma horta comunitária na área pública, localizada atrás do posto de saúde.

O terreno, que estava coberto com mato alto, foi “adotado” pelos vizinhos, que cultivaram as hortaliças por quase dois anos. Mas, há três meses, depois de uma denúncia de um morador do bairro, os idealizadores foram obrigados a encerrar o projeto. O mato alto voltou a “tomar conta” do terreno.

Na quinta-feira, dia 10, o Portal Morada foi ao bairro e registrou a revolta de moradores com a situação de abandono da área. “Espero que a Prefeitura e o denunciante se preocupem com a limpeza do terreno”, disse Jerônimo, que prometeu parar de cuidar de espaços públicos no bairro.

A Prefeitura informou que a proibição da utilização do espaço como uma horta ocorreu após uma notificação do Ministério Público.

“Isso porque houve uma denúncia ao MP de que a Prefeitura teria cedido o espaço para que fosse utilizado como horta comunitária, mas que a pessoa responsável pelo cultivo estaria vendendo os produtos. Neste caso, o terreno público e a água estavam sendo utilizados para fins comerciais. Embora haja uma pressão popular pelo retorno da horta e a Prefeitura tenha entendimento sobre a importância das hortas urbanas para uma comunidade, não é possível fazê-la em virtude desta notificação da Promotoria”, disse a nota.

Limpeza

No final da manhã de hoje (11), após a reportagem ser divulgada no Jornal da Morada (AM/FM), a Prefeitura realizou a limpeza do terreno. Veja abaixo a reportagem com moradores.