agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Tecnologia aproxima pacientes e familiares no Hospital da Solidariedade

Videochamadas ajudam a aliviar a angústia e a saudade provocadas pelo isolamento imposto pela Covid-19
Postado em: 10/08/2020 às 09:39
Autor: Redação
Tecnologia aproxima pacientes e familiares no Hospital da Solidariedade

Sem poder receber visitas durante o período de internação, pacientes com Covid-19 do Hospital da Solidariedade de Araraquara, o Hospital de Campanha, estão utilizando a tecnologia para manter contato com familiares e, assim, aliviar a angústia e a saudade provocadas pelo isolamento imposto pela doença.

Com uso de tablets, eles podem fazer videochamadas para a família, com a ajuda dos colaboradores do hospital.

De acordo com a diretora técnica Emanuelle Laurenti, gestora do Hospital de Campanha e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), as chamadas de vídeo são realizadas duas vezes ao dia, nos períodos da manhã e tarde, em horários pré-definidos. "A princípio, a ligação para os familiares está sendo feita com a ajuda de enfermeiros do plantão. Agora, uma assistente social passa a compor a equipe do hospital e fará esses contatos, que são muito importantes para os pacientes e também para seus familiares. E, além dessas videochamadas, são feitas ligações por telefone para a família, com contato médico, para passar o quadro clinico do paciente", afirma a gestora.

A médica Celina Gai Hoehr, responsável pela enfermaria do Hospital da Solidariedade, destaca que o contato com os familiares, mesmo que por videochamadas, é muito importante para quem está isolado no hospital. "É fundamental que este vínculo com a família seja mantido, porque pode ajudar na melhora dos internados. O uso dos tablets ajuda aqueles que não têm acesso à tecnologia e nos auxilia com o cuidado humanizado desses pacientes", declara.

"A aquisição destes tablets foi importante, porque alguns nem têm celular para manter contato com a família. Eles ficam felizes e a família também pode ver que eles estão bem, estão sendo bem tratados", completa Paula Santos, enfermeira coordenadora do hospital.

O Hospital da Solidariedade começou a funcionar na primeira quinzena do mês de maio, no Jardim Ártico, e, juntamente com o polo de triagem e diagnóstico da UPA da Vila Xavier, aberto em abril, é uma das principais ferramentas da rede municipal da Saúde para o enfrentamento e combate ao novo coronavírus.