agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Vigilância intensifica combate à dengue

Mutirões para recolhimento de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti passam a ser realizados neste final de semana
Postado em: 22/10/2020 às 17:27
Autor: Redação
Vigilância intensifica combate à dengue

A Prefeitura e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) irão intensificar o trabalho de combate à dengue a partir deste final de semana, com a abertura da “Semana Lixo Zero”.

Até o final do verão, serão realizados mutirões para recolhimento de materiais inservíveis e que possam se tornar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika e da chikungunya.

Esse trabalho é permanente e já vinha sido feito, mas agora, no período que antecede as chuvas de final de ano, será ampliado.

Na sexta-feira (23), no sábado (24) e na segunda-feira (26), os agentes da Vigilância em Saúde estarão na região do Jardim Altos de Pinheiros, das 8h às 12h (confira ao final do texto a relação de ruas e avenidas).

Além disso, no próximo domingo (25), o Daae fará mutirão de limpeza no Córrego do Tanquinho, na região do Selmi Dei. A “Semana Lixo Zero” é mobilizada pelo Instituto Lixo Zero Brasil e, em Araraquara, é realizada em parceria com ONGs e entidades de proteção ambiental.

No caso dos mutirões da Vigilância, a população deve ficar atenta para separar e deixar em sua calçada garrafas, pneus, latas e outros materiais inservíveis que acumulam água. Esses objetos serão recolhidos pelos servidores da Prefeitura.

“Esses mutirões são aqueles em que as pessoas depositam nas calçadas os inservíveis que possam acumular água e os nossos agentes passam removendo. A gente pretende fazer até o final do verão, semanalmente ou quinzenalmente, dependendo do apontamento do nosso sistema de armadilhas”, explica o coordenador da Vigilância em Saúde, Rodrigo Ramos.

Esse sistema de armadilhas é o MI-Aedes (Monitoramento Integrado do Aedes aegypti). Por meio dele, as equipes da Vigilância em Saúde têm acesso, pela internet, a um mapa interativo que mostra quais as regiões da cidade com maior e menor incidência do mosquito da dengue.

Isso é possível com a instalação de 918 armadilhas em residências espalhadas por toda Araraquara. Diariamente, servidores da Vigilância visitam esses locais para conferir se fêmeas adultas do Aedes foram capturadas. Essas informações são incluídas no sistema pelos agentes por meio de tablets.

Os mutirões irão continuar na próxima semana, no Parque São Paulo (27 e 28/10) e na Vila Xavier (29/10 e 03/11) — nesses bairros, as ruas e avenidas ainda serão divulgadas.

Confira as ruas e avenidas dos mutirões do final de semana (das 8h às 12h):

Sexta-feira (23/10): Av. Dr. Albert Einstein, Rua José Gullo, Rua João Zacharias, Rua Elza Canazza Dall'Acqua, Rua Ivandyr Cerqueira Leite, Av. Eduardo de Freitas Gouveia Filho, Av. João dos Santos, Rua Geraldo Ademilson Corrêa, Rua Gaspar Pierobon, Rua Raul Ferreira, Av. Orestes Fatore, Av. Valério Dosualdo, Av. Carlos Bersanetti Filho (Ninin), Av. Antônio Marques Nascimento, Av. Pastor Odil de Paula Messias, Av. Pedro Vieira da Silva e Av. Rudney Picolo.

Sábado (24/10): Av. São João, Av. Antônio Ângelo Zendron, Rua João Ciro, Av. Albert Einstein, Av. Elio de Oliveira Mateus, Av. Sebastiana Trevisoli, Rua Profa. Noemi Pinheiro Lima e Silva, Rua João Teles dos Santos, Rua Dr. Antônio Alonso Martinez, Rua Valdevir de Oliveira Dias, Rua Dr. Jobal do Amaral Velosa, Rua Joaquim Pinto Machado, Rua Eva Renato Corrêa, Rua João Cichetto e Rua Ennio Rodrigues Caraça.

Segunda-feira (26/10): Av. Estrada de Ferro Araraquara, Rua Rogério Baptista Cruz, Rua Pastor Antônio da Silva Cortes, Av. Francisco Vaz Filho, Av. Serafim Simioni, Av. Luiz Miguel, Av. Daisy Cardoso, Av. Ninin Gomes de Freitas, Av. Leila Cortes dos Santos, Av. Antonio Baldassari, Av. Anísio Teixeira Ferreira, Av. Maria Aparecida Machado Gonçalez, Av. Maria Luiza Baschix, Rua Sebastião Lemos da Cruz, Rua João Silveira, Rua Benedito Máximo de Araújo e Av. Trifônio Guimarães.