agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Presidente da Ferroviária analisa momento de paralisação

Carlos Alberto Salmazo falou sobre o andamento das atividades do clube com a pandemia do coronavírus
Postado em: 24/03/2020 às 01:48
Autor: Carlos André de Souza
Presidente da Ferroviária analisa momento de paralisação
Carlos Salmazo falou sobre o cotidiano da Ferroviária em tempos de coronavírus. Foto: Jonatan Dutra/AFE

Com o momento de preocupação por conta da pendemia do novo coronavírus, a Ferroviária suspendeu todas as suas atividades por tempo indeterminado. Os atletas das equipes masculina e feminina permanecem em suas casas, seguindo uma rotina de cuidados e treinamentos orientados pela comissão técnica e equipe médica do clube, enquanto o setor administrativo trabalha no sistema de home-office.

O presidente da Ferroviária, Carlos Alberto Salmazo, explicou que apesar da distância, vem acompanhando todo o trabalho de perto, em contatos por mensagens ou por telefone. "Estamos com cozinha, marketing, RH e todos os setores fechados e trabalhando em regime home-office, mas sempre em contato com os profissionais por que o nosso dia a dia não para. Temos responsabilidades e compromissos e tudo precisa caminhar de uma forma para que nós tenhamos o controle", explicou Salmazo em entrevista aos Campeões da Bola.


Preocupação financeira

Segundo o presidente, a Ferroviária possui receitas que integram o planejamento do clube, como cotas de televisão, cotas de placas de publicidade e patrocínios, que possuem contrato em andamento. Ele explica que a paralisação das atividades fez reduzir as despesas do dia a dia, com funcionários de férias e atletas em casa, mas ainda assim existe uma grande preocupação com o futuro financeiro.

"A conta precisa ser feita para sabermos sobre a manutenção, mas temos uma saúde financeira para nos mantermos por um tempo. É muito preocupante falar sobre isso, porque não sabemos o que vem pela frente e como será o comportamento nas diversas variáveis. À distância, ainda estamos administrando dentro do planejamento financeiro que pensamos para essa temporada", salientou.

 
Futuro do Paulistão e Série D

Carlos Salmazo revelou que tem conversas frequentes com o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, e que o alto comando do futebol estadual ainda não tem uma previsão sobre o retorno do Paulistão. "Conversei com ele hoje [segunda-feira] e não existe absolutamente nenhuma decisão ou expectativa ainda. A Federação paralisou o campeonato há uma semana e ainda é tudo muito prematuro. O contato foi apenas uma conversa de atualização dos nossos assuntos, mas nem ele sabe ainda como vai caminhar todo esse processo", contou.

Outra questão que surge neste momento se refere ao Campeonato Brasileiro da Série D, que em 2020 teria seu calendário ampliado e um número maior de jogos. "A Série D tem um regulamento definido, mas não sabe se com essa paralisação ele será revisto", observou Salmazo.


Nova 'pré-temporada'

O presidente da Ferroviária também falou sobre o planejamento que envolverá o retorno dos atletas, ainda sem data definida. Segundo ele, será necessário uma nova 'pré-temporada' antes de os times voltarem aos gramados. "Os clubes estão em início de temporada. A primeira competição do ano é o estadual, que parou em pleno andamento. Então, uma possível retomada, que imagino que não seja tão breve, realmente vai demandar um reinício de pré-temporada, com adaptação para a volta ao campo de jogo. Não dá pra chegar e já ir ao campo para jogar", destacou.


Sem futebol

Salmazo também falou sobre seu lado torcedor e espera que a pandemia seja controlada o mais rápido possível. "Nós ficamos com o controle da televisão mudando de um canal para o outro, porque quando tem o nosso futebol e as competições, nós sabemos onde paramos. Mas sem elas, não sabemos bem qual programação acompanhar. Estamos muito preocupados e focados nas notícias, o que está sendo definido e determinado para que essa pandemia seja minimizada", finalizou o presidente.