agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Número de postos de trabalho cresce em agosto

Resultado é o melhor para o município desde abril de 2013
Postado em: 28/09/2018 às 16:59
Autor: Redação
Número de postos de trabalho cresce em agosto

Araraquara apresentou um aumento de 891 vagas formais no mês de agosto, é o que aponta o levantamento feito pelo Núcleo de Economia do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). O resultado é o melhor registrado no município desde abril de 2013, quando foram abertas 974 vagas. O único setor que apresentou o número de demissões maior que o de admissões foi a Agropecuária, com saldo negativo de 2 postos. Na contramão, os demais setores ofereceram bons resultados para o mês. No total, foram registradas 2.913 admissões e 2.022 desligamentos no mês.

O setor de serviços, principalmente em relação às atividades como ensino, serviços médicos odontológicos e veterinários, e os serviços relacionados à alimentação e alojamento, apresentou um resultado expressivo, recuperando parte das vagas perdidas desde o início do ano.

Os dados condizem com o aumento da confiança dos empresários no mês de agosto, medido pelo ICS (Índice de Confiança dos Serviços-IBRE/FGV), que cresceu 1,5 ponto percentual (p.p) entre julho e agosto, alcançando 89 pontos no mês. De acordo com Délis Magalhães, economista do Sincomercio, o índice foi puxado pela expectativa de uma elevação da demanda para os próximos meses e, também, pela recuperação de segmentos afetados com a greve dos caminhoneiros refletida em junho.

O Comércio também apresentou dados positivos, reforçando a trajetória mais consistente da elevação do nível de emprego. O destaque na criação de vagas no mês ficou com o segmento de supermercados e de concessionárias de veículos.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o resultado também é melhor. “Em 2017, o saldo de vagas para o mês já havia sido muito positivo. O resultado em 2018 está ainda melhor e surpreendeu, uma vez que esse período não costuma concentrar um alto número de novas contratações”, afirma a economista. “Em comparação com agosto do ano passado, o único setor que não apresentou melhora foi a Agropecuária.”