agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Comércio prevê crescimento de até 5% no mês da Black Friday

No e-commerce, a expectativa é ainda maior e alta pode chegar a 10%
Postado em: 06/11/2018 às 15:53
Autor: Redação
Comércio prevê crescimento de até 5% no mês da Black Friday

A Black Friday tem se tornado uma data cada vez mais importante para o comércio brasileiro. De acordo com um levantamento do Núcleo de Economia do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), em novembro de 2017, as vendas regionais no mês aumentaram 4,9% no varejo físico e 7,5% no comércio eletrônico, em comparação com o mesmo período de 2016. Para esse ano, os números são ainda melhores, já que a data pode trazer um crescimento de até 5% nas vendas do varejo e até 10% no comércio eletrônico regional.

A Black Friday teve início no Brasil no comércio eletrônico, tornando-o mais forte nas vendas da data. Nesse ano, de acordo com dados da Ebit/Nielsen, o número de pedidos do e-commerce brasileiro deve registrar expansão de 6,4%, equivalente ao aumento de 3,76 milhões para 4 milhões. O tíquete médio deverá ser de R$ 607,50, o que representa alta de 8% em relação ao ano passado. O faturamento poderá ter um crescimento de até 15%.

Entre os itens mais procurados pelo consumidor estão os eletrônicos, com destaque para os smartphones. Outras categorias como vestuário, calçados e acessórios, livros e eletrodomésticos também apresentaram bom desempenho nos últimos anos. A economista ainda explica que mesmo em meio a um cenário incerto, os empresários esperam que os consumidores efetuem as compras ao encontrarem boas oportunidades e descontos. “É essencial que os comerciantes ofereçam descontos reais e não enganem o consumidor, o que pode criar um clima de desconfiança e prejudicar as vendas do estabelecimento”, afirma.