agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Faturamento do e-commerce cresce 4,5%  em Araraquara

A receita superou R$ 108 milhões no terceiro trimestre de 2018
Postado em: 21/01/2019 às 15:55
Autor: Redação

O faturamento real do comércio eletrônico da região de Araraquara atingiu R$ 108,6 milhões no terceiro trimestre de 2018, alta de 4,5% em relação ao mesmo período de 2017. No acumulado, as vendas do e-commerce na região cresceram 5,4%.

Os resultados compõem a Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico (PCCE) elaborada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do Conselho de Comércio Eletrônico, em parceria com a Ebit|Nielsen. O estudo que mensura a participação do e-commerce nas vendas totais do varejo paulista, seja no comércio eletrônico ou físico, traz dados sobre faturamento real, número de pedidos e tíquete médio.

Ainda de acordo com o levantamento, o número de pedidos do comércio eletrônico na região atingiu 252 mil nesse terceiro trimestre, alta de 3,6% se comparado ao trimestre anterior. O tíquete médio, faturamento por pedido, registrou um valor acima da média: R$ 429,48, um aumento de 6,7% em relação ao mesmo período de 2017. A participação da região no faturamento do varejo geral do e-commerce no estado foi de 2,2%.

Délis Magalhães, economista do núcleo de economia do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), apesar do crescimento no faturamento do e-commerce em 2018, o número de pedidos em relação ao ano anterior caiu, revelando um consumidor mais controlado e que prioriza os gastos. O mês de julho foi o único do trimestre que apresentou queda nas comparações anuais, com redução de 7,2% no faturamento em relação a julho de 2017 e no número de pedidos, que foi de 20,8%.

Segundo a economista, “esse resultado foi em função da greve dos caminhoneiros, que comprometeu as entregas de mercadorias entre maio e junho e se estendeu até julho. “Em razão das incertezas acerca do recebimento das mercadorias, muitos consumidores optaram pela compra em pontos físicos ou preferiram adiá-las”, explica a economista.

No último trimestre de 2018 espera-se que as vendas na região tenham um bom crescimento, já que contam com a realização da Black Friday e as compras de presentes de Natal.

 

Região de Araraquara

Américo Brasiliense, Analândia, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Borborema, Cândido Rodrigues, Corumbataí, Descalvado, Dobrada, Dourado, Fernando Prestes, Gavião Peixoto, Ibaté, Ibitinga, Ipeúna, Itápolis, Itirapina, Matão, Monte Alto, Motuca, Nova Europa, Pirangi, Pirassununga, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito, Rincão, Rio Claro, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Ernestina, Santa Gertrudes, Santa Lúcia, Santa Rita do Passa Quatro, São Carlos, Tabatinga, Tambaú, Taquaritinga, Trabiju, Vista Alegre do Alto.