agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Denúncia aponta ato racista na UNESP/Araraquara

Diretoria afirma que vai acionar a Polícia e abrir sindicância para apurar autoria
Postado em: 15/05/2018 às 16:04
Autor: Luís Antonio
Denúncia aponta ato racista na UNESP/Araraquara
Desenho faz alusão ao movimento racista norte-americano

No último dia 9 de maio, alunos da Faculdade de Ciências e Letras (FCL) da Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Araraquara denunciaram um desenho supostamente racista feito na carteira de uma das salas de aula da FCL. As gravuras apresentavam membros da  Ku Klux Klan – movimentos que pregava, entre outras coisas, a supremacia branca nos Estados Unidos.

Imediatamente, alunos denunciaram a situação pelas redes sociais e o caso chegou à direção da faculdade. Na denúncia, os estudantes lembraram de outros episódios registrados na mesma universidade, em 2014, quando foram feitas pichações racistas e xenofóbicas contra alunos intercambistas africanos.  

Em nota, a direção da FCL considerou o ato “abominável, desprezível, de ódio e que deve ser punido com o rigor da Lei”. Ainda segundo o texto, as medidas cabíveis para descobrir a autoria serão tomadas. O fato seria comunicado à polícia, através de Boletim de Ocorrência, e também desencadearia a composição de uma Comissão de Averiguação e, posteriormente, de Sindicância, para a verificação das imagens das câmeras.

“Diante dessa situação, temos que ter a serenidade para investigar e descobrir o autor desse ato criminoso e não fazer outras vítimas. Nas redes sociais verifica-se que na foto dos desenhos na carteira foi acrescida uma mensagem que sugere que o ato tenha sido praticado por alunos de Economia ou da Administração Pública. Também repudiamos essa generalização, pois quem praticou esse crime não representa os alunos desses dois cursos”, afirma a diretoria.

A sala em que os desenhos foram encontrados é utilizada por pessoas de diversos cursos, o que dificulta a identificação dos responsáveis.