agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Servidores do Daae podem entrar em greve

Agentes operacionais, motoristas e outros grupos exigem negociar reenquadramento profissional
Postado em: 24/07/2018 às 10:32
Autor: Redação
Servidores do Daae podem entrar em greve
Imagem ilustrativa

Servidores do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) resolveram em assembleia na manhã desta terça-feira, 24, entrar em estado de greve. Segundo o Sindicato dos Servidores Muicipais de Araraquara e Região (SISMAR), que representa a categoria, a decisão se deu em decorrência da da postura do prefeito Edinho Silva (PT) de empurrar as negociações de reenquadramento profissional e fim do serviço em escala para o Plano de Cargos Carreira e Vencimentos (PCCV).

No entendimento dos servidores, o PCCV pode e deve demorar muito ainda para ser debatido, concluído, formalizado e implementado e as necessidades dos trabalhadores são urgentes.

O estado de greve serve de alerta para o governo e para o Ministério do Trabalho de que atividades básicas do Daae podem ser interrompidas a partir da semana que vem. Tanto a Prefeitura, quanto o Ministério serão notificados pelo SISMAR – Sindicato do Servidores Municipais de Araraquara e Região – da decisão da categoria. Uma audiência deve ser convocada para que as negociações ocorram.

Na assembleia, foi formada uma comissão de servidores que acompanhará tudo de perto.

Além do enquadramento profissional correto de acordo com o Código Brasileiro de Ocupações (CBO) com consequente adequação do piso salarial de cada profissão, os servidores querem imediatamente o fim do trabalho em escala que foi imposto sem negociação com os trabalhadores ou com o Sindicato. Para o SISMAR, a nova escala, do modo que está sendo executada, é ilegal e pode gerar um passivo trabalhista, ou seja, ações na Justiça a favor dos trabalhadores e dívida para a Prefeitura.