Habitação: Araraquara bate recorde na construção de moradias populares

Famílias de baixa renda são as principais beneficiárias do maior programa habitacional da história de Araraquara

Compartilhe

Habitação: Araraquara bate recorde na construção de moradias populares
Imagem: Casas do Residencial Valle Verde

 

Desde 2009, a Prefeitura de Araraquara desenvolve o maior programa habitacional já realizado na história da cidade. O número impressiona: até o final de 2016, terão sido construídas e entregues para a população com renda mais baixa, 4.670 moradias.

Essa faixa da população foi beneficiada com os seguintes programas habitacionais:

- 754 casas no Valle Verde

- 20 casas no Cecap do Programa Vila Dignidade

- 338 casas do Residencial Maria Helena Lepre, na região do Adalberto Roxo (Minha Casa Minha Vida)

- 485 casas do Residencial Anunciata Palmira Barbieri, na região do Adalberto Roxo (Minha Casa Minha Vida)

- 538 casas do Romilda Taparelli, na região do Adalberto Roxo (Minha Casa Minha Vida)

- 49 casas do PAC no Hortênsias

- 24 casas do PAC 1 no Adalberto Roxo

- 498 casas no São Rafael (Minha Casa Minha Vida)

- 256 apartamentos no Iguatemi (Minha Casa Minha Vida)

- 374 casas do PAR no Altos de Pinheiros

- 63 residências no mutirão do Hortênsias e Arco-Íris

- 33 unidades do Recanto Feliz

Ainda serão entregues: 678 casas do Valle Verde e outras 560 casas no Jardim do Valle.

 

Programas beneficiam outras famílias

Também integra o programa habitacional da Prefeitura de Araraquara as moradias construídas para a população que se enquadra na faixa 2 do Programa Minha Casa Minha Vida, cujas famílias somam renda acima de R$ 1.600.

Em 2016, Araraquara atingirá a marca de 6.146 unidades construídas nessa faixa.

O Novo bairro Jardim Estância das Rosas é um exemplo desse programa. O loteamento, na região do Vale do Sol, é composto por 145 casas, já entregues, construídas com o apoio do programa Minha Casa Minha Vida, faixa 2. O bairro é dotado de toda a infraestrutura de pavimentação, iluminação e galerias de águas pluviais.

No total, Araraquara nesses últimos anos, considerando-se construções que contaram com incentivo financeiro dos programas habitacionais, são 10.816 novas unidades.