Saúde: investimentos ampliam rede de atendimento

Unidades Básicas de Saúde e Programa Saúde da Família garantem atendimento de qualidade em todos os bairros de Araraquara

Compartilhe

Saúde: investimentos ampliam rede de atendimento

 

O município de Araraquara tem em sua rede de Atenção Básica 32 unidades para atendimento da população. São 10 unidades básicas de saúde, que oferecem cobertura a mais de 132 mil pessoas, e mais 22 Unidades de Saúde da Família, que tem mais de 27 mil famílias cadastradas.

Nos últimos sete anos, a Prefeitura investiu e ampliou o atendimento na Atenção Básica com a construção de novos postos em vários bairros. Ganharam novas unidades de saúde a população do Altos de Pinheiros, Adalberto Roxo, Jardim Brasília, Jardim Paraíso, Biagioni, Bueno de Andrada, Cruzeiro do Sul, Vila Xavier, Laranjeiras, Brasil e Indaiá, que será entregue em breve.

Outras 16 unidades foram reformadas e ampliadas e já entregues à população.

 

Saúde Bucal

A Prefeitura também investiu muito em relação ao oferecimento de atendimento odontológico à população. Com um aporte financeiro de R$ 1,2 milhão conquistados junto ao Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Saúde Bucal, 14 unidades de saúde passaram por reforma de adequação para receber consultórios odontológicos. Todos completamente equipados para oferecer um atendimento de qualidade aos usuários SUS.

Atualmente, o serviço é disponibilizado em 25 unidades de saúde de Araraquara, além da UPA Central.

Outro importante investimento realizado pela Prefeitura foi a construção da sede própria doCentro de Especialidades Odontológicas (CEO), na Vila Xavier. Inaugurado em 2014, o espaço conta com nove consultórios odontológicos, laboratório de próteses, esterilização, escovação e expurgo.

Em média, são 3.700 procedimentos odontológicos mensais realizados no CEO. O investimento realizado na unidade foi de R$ 381 mil (via Programa de Saúde Bucal do governo federal). A unidade realiza atendimento nas áreas de cirurgia, endodontia, periodontia, atendimento aos pacientes especiais, além de diagnóstico bucal e prótese total.

 

Centro de Reabilitação

Em 2016, entrará em funcionamento o Centro de Reabilitação de Araraquara. A Prefeitura conquistou um recurso federal de R$ 3,2 milhões e construiu este espaço integrado de 4 mil m2 para oferecer com ainda mais qualidades os serviços e tratamento de reabilitação para os pacientes de Araraquara e região.Três principais atendimentos na área de reabilitação estarão concentrados no mesmo local. São eles: o Centro Integrado de Saúde Auditiva (Cisa), o Centro de Diagnóstico e Intervenção Precoce (Cedip) e o Serviço de Atenção em Reabilitação de Araraquara (Sara).

O Centro de Reabilitação é classificado como porte 3 e contará com uma equipe de profissionais da saúde formada por médicos ortopedistas, neurologistas, e otorrinolaringologistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, entre outros.

A previsão de atendimento mensal é de 3 mil a 4 mil pacientes, oriundos de 24 municípios atendidos.

Vale destacar que a parte administrativa contará com salas para direção, arquivo médico, informática, controle de protocolo, farmácia; já na ala dos pacientes os espaços serão destinados para recepção, atendimento social, exames, curativo, consultas, entre outros. Na área externa há estacionamento e depósitos de lixo orgânico, hospital e material reciclável.