agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Advogado foragido da justiça ainda atua em processos

Condenado a 11 anos de prisão em regime fechado por tráfico de drogas, o advogado continua exercendo as atividades
Postado em: 13/08/2019 às 09:39
Autor: Marcelo Bonholi
Advogado foragido da justiça ainda atua em processos

O advogado Guilherme Gibetoni Anselmo, de 37 anos, de Taquaritinga, foi condenado a cumprir 11 anos de prisão em regime fechado por tráfico de drogas. A condenação é do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Por isso, contra o advogado foi expedido um mandado de prisão em dezembro de 2018. Até o momento, no entanto, o mandado não foi cumprido e Anselmo, mesmo sendo considerado foragido pela justiça, continua exercendo as atividades no Direito.

O Portal Morada obteve uma petição recente, datada do dia 10 de julho deste ano, onde o advogado foragido solicita a regressão da pena de um cliente para o regime aberto. Na petição, o procurado ainda cita trechos atribuídos à Rui Barbosa em que afirma que “a justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualificada e manifesta”.

Um jurista consultado pela reportagem afirma que um condenado exercer a advocacia é uma “afronta aos advogados e citando Rui Barbosa, ele zomba da justiça frente a sua condenação”.

O mandado de prisão tem validade até 22 de outubro de 2022. A advogada Márcia Iamada, presidente do Tribunal de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), regional de Araraquara, disse que “todas as providências cabíveis sobre o caso já estão em andamento”. Segundo ela, o advogado só continua assinando petições porque a assinatura digital (“Token”) segue ativo em seu nome.

Em nota, o Tribunal de Ética, efetuou a suspenso preventivamente por 90 dias do advogado de Taquaritinga, em 2012. A nota informa também que foi efetuado ofício para o Juízo Criminal da Comarca de Taquaritinga para tomar as providências no caso.