agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Servidores do DAAE pedem ajuda para reposição salarial

Base salarial de R$ 1.092,00 é insuficiente para viver, dizem funcionários da autarquia
Postado em: 06/09/2017 às 07:42
Autor: Redação
Servidores do DAAE pedem ajuda para reposição salarial

O Plenário e o Plenarinho da Câmara Municipal ficaram lotados de funcionários do Departamento de Água e Esgotos de Araraquara (DAAE) na noite desta terça-feira (05), para acompanhar o pronunciamento de Alessandro da Silva, credenciado por um grupo de 30 cidadãos eleitores, abordando a reposição salarial.

Silva foi taxativo em afirmar que os agentes de operação do serviço de saneamento, uma categoria de servidores da autarquia, estão sendo esquecida pela administração. “Nosso salário de entrada é de R$ 1.092,00 e não temos mais como manter as nossas famílias. O que queremos é reconhecimento pelo trabalho difícil que realizamos.”

Os servidores estão solicitando, em regime de urgência, uma reposição salarial de 20%, o que, segundo eles, não resolveria o problema, “mas ajudaria muito nesse momento. Não podemos esperar pelo Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos (PCCV) que está em estudo.”

Outro destaque em seu pronunciamento diz respeito a forma como os trabalhadores estão driblando a falta de dinheiro. “Muitos estão fazendo empréstimos consignados, pois não temos outra opção.”

Durante a explanação foram projetadas várias imagens dos serviços realizados pelos agentes de operação, muitas delas mostrando o trabalhador com água até o pescoço. “Dá pra ver pelas fotos que vestimos a camisa da companhia. Não temos nem dia nem hora e estamos sempre prontos para o trabalho, mas nos sentimos excluídos”, desabafou.