agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

“Não tem o menor cabimento”, afirma Edinho sobre denúncia

Prefeito de Araraquara foi incluído em nova denúncia da Procuradoria Geral da República   
Postado em: 10/01/2018 às 15:23
Autor: Redação
“Não tem o menor cabimento”, afirma Edinho sobre denúncia

O prefeito de Araraquara, Edinho silva (PT), ex-ministro da Comunicação Social do governo Dilma, é alvo de um novo pedido de instauração de um inquérito civil feito pela Procuradoria Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF). A informação foi revelada nesta terça-feira (9).

Edinho é acusado de negociar a compra de apoio do Partido Progressista (PP) à reeleição da ex-presidente Dilma Roussef (PT), ainda em 2014. Além de Edinho Silva, também são alvo do pedido da PGR o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP e os executivos Joesley Batista e Ricardo Saud, da JBS (clique e saiba mais).

Em nota enviada à imprensa, Edinho Silva afirma que “essa tese não tem o menor cabimento”. Responsável pela arrecadação de campanha da ex-presidente, ele voltou a declarar que “todas as doações para a campanha Dilma 2014 ocorreram dentro da legalidade e é importante lembrar que as contas foram aprovadas pelo Tribunal Superior Eleitoral. Os partidos que apoiaram a Presidenta Dilma em sua reeleição, em sua grande maioria, já faziam parte do Governo e base de apoio desde o Governo Lula. Portanto, essa tese não tem o menor cabimento, tampouco lastro na realidade”, disse.