agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Santana é criticado ao nomear Boi para ouvidoria da Câmara

Salário de presidente do MDB, na Câmara, pode chegar R$ 7.800. Vereadores dizem que indicação teve interesse exclusivo do presidente Santana (MDB)
Postado em: 25/03/2019 às 17:32
Autor: Chico Lourenço
Santana é criticado ao nomear Boi para ouvidoria da Câmara
Boi foi indicado como ouvidor da Câmara pelo presidente da Casa Tenente Santana (MDB)

O presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Tenente Santana (MDB), disse que levou em consideração a formação acadêmica do presidente do seu partido e ex-presidente da Casa de Leis, Aloísio Braz, o “Boi”, para o cargo de ouvidor no Legislativo Municipal, ao conceder entrevista ao Jornal da Morada (AM/FM) na manhã desta segunda-feira, dia 25.

O ex-candidato a prefeito de Araraquara foi indicado para o novo cargo na semana passada. Nos bastidores, vereadores disseram que a escolha dele para a função de ouvidor, que não exige concurso público, foi exclusiva do presidente Santana.

Candidato derrotado nas últimas eleições para prefeito, Boi não ficou distante do cenário político e assumiu um cargo de assessor parlamentar da ex-senadora Marta Suplicy (MDB), que desistiu de disputar a reeleição em 2018.

Entretanto, mesmo tendo o seu principal adversário político na chefia do Executivo municipal, o cabeleireiro conseguiu reconquistar espaço na política local e, na troca da presidência da Câmara, que passou do PSDB para o MDB, ele retornou ao Legislativo. O salário do presidente do MDB na Câmara pode chegar a R$ 7.800. Confira abaixo a entrevista do vereador Tenente Santana ao Jornal da Morada (AM/FM).

Relacionadas

Marcelo Bonholi
Vereadores aprovam orçamento de R$ 1 bi para 2020
25/06/2019 às 23:28

Notícias

Marcelo Bonholi
Vereadores aprovam orçamento de R$ 1 bi para 2020
25/06/2019 às 23:28