agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Ex-vereador de Américo é condenado no STF por superfaturamento

O ministro Edson Fachin entendeu que Cidão supervalorizou a compra de 13 cofres para a Câmara em 2012. Ele perde os direitos políticos e terá que devolver dinheiro
Postado em: 31/10/2018 às 15:57
Autor: Chico Lourenço
Ex-vereador de Américo é condenado no STF por superfaturamento
Cidão foi vereador entre 2009 e 2012 na Câmara de Américo Brasiliense

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Américo Brasiliense, Aparecido Cristiano dos Santos, foi condenado em última instância pelo crime de improbidade administrativa. Ele foi acusado de comprar 13 cofres supervalorizados quando estava deixando a Câmara Municipal em 2012.

A denúncia, feita por um grupo de vereadores em 2013, no Ministério Público de Américo, apontou que Cidão pagou R$ 9.500 em cada equipamento, que no mercado custava R$ 4.300.

Cidão recorreu, mas perdeu em todas as instâncias. Com a decisão do ministro Edson Fachin, relator do processo no STF-Supremo Tribunal Federal, o ex-presidente do Legislativo ameriliense perde os direitos políticos por 8 anos e fica impedido de ocupar função pública.

Ele e a empresa que vendeu os equipamentos foram condenados a ressarcir os cofres públicos (R$ 127 mil) e pagar uma multa de 50 mil reais. A decisão no STF ocorreu no último dia 17 de outubro. Aparecido Cristiano dos Santos foi vereador entre 2009 e 2012 e ocupou a presidência da Casa de Leis no último biênio.

O Portal Morada procurou o ex-vereador, que não quis comentar o caso, segundo ele, por orientado de sua defesa. Disse apenas que seus advogados vão tentar suspender a decisão. Veja abaixo vídeo com comentários do Jornal da Morada (AM/FM) desta quarta-feira, dia 31.