Araraquara confirma primeira morte por febre amarela

Agora são três casos com mortes no interior paulista; Estado já confirmou oito mortes provocadas pela doença em 2017

Compartilhe

Araraquara confirma primeira morte por febre amarela
 
A Secretaria Municipal de Saúde de Araraquara confirmou a primeira morte por febre amarela no município. A vítima foi transferida para um hospital em Sertãozinho e morreu na quarta-feira, dia 8.
 
Segundo informações, o homem foi infectado em Araraquara, mas o local não foi informado. Agora são oito mortes da doença confirmadas no Estado de São Paulo este ano. Destes casos, três foram no interior, pois Américo Brasiliense e Batatais já tinham confirmado óbitos em 2017. Os demais casos são de pacientes que viajaram para Minas Gerais.
 
As cinco mortes importadas foram de moradores de Santana do Parnaíba, Paulínia e três da capital paulista. Outros 13 casos de pacientes com sintomas da doença estão em investigação, sendo cinco de casos autóctones e oito importados de Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. 
 
Vacinação
Em Araraquara, a vacina contra febre amarela está disponível nos postos de saúde das 07h30 às 16h00, segundo a Prefeitura, que deve intensificar a vacinação também na área rural do município.