agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Etanol tem aumento de 40,97% em 12 meses em Araraquara

Núcleo de economia constata alta nos preços de todos os combustíveis em abril; Gás de cozinha também sofreu reajuste
Postado em: 13/05/2022 às 17:28
Autor: Redação
Etanol tem aumento de 40,97% em 12 meses em Araraquara

Etanol hidratado registrou a maior variação mensal, com aumento de 11,24% em relação a março; Diesel, gasolina e gás de cozinha também tiveram reajustes

O preço médio dos combustíveis seguiu trajetória de alta em Araraquara durante o mês de abril, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo Núcleo de Economia do Sincomercio Araraquara.

No período, o etanol hidratado registrou a maior variação mensal, com alta de 11,24% em relação a março deste ano. O óleo diesel subiu 5,28%, a gasolina comum 4,19% e o gás de cozinha 3,62%. Apesar dos aumentos, a gasolina, o diesel e o GLP anotaram desaceleração da inflação na comparação com os resultados do mês anterior, enquanto o etanol acelerou.

Na análise em 12 meses, o diesel registra o aumento mais expressivo: 55,61% entre maio de 2021 e abril de 2022. Na sequência, o etanol teve alta de 40,97%, o gás de cozinha 33,36% e a gasolina 32,72%. Todos os combustíveis apresentaram aceleração da inflação em relação aos 12 meses anteriores.

O levantamento da ANP avaliou os preços em 70 postos da cidade. Os estabelecimentos estão localizados nos bairros Centro, Jardim Marivan, Jardim Nova América, Jardim Primavera, Jardim Quitandinha, Jardim Roberto Selmi Dei, Jardim Santa Clara, Jardim Tabapuã, São Geraldo, Vila Racy, Vila Santana, Vila Velosa e Vila Xavier.

"A tendência de alta nos preços segue atrelada aos reajustes promovidos pela Petrobras. No último dia 9 de maio, a estatal anunciou novo aumento do diesel cobrado em suas refinarias: 8,87%. Antes disso, em 11 de março, a empresa havia aplicado reajuste de aproximadamente 25% no diesel, 19% na gasolina e 16% no GLP. A medida já era esperada diante da valorização do petróleo no mercado internacional e da política adotada pela Petrobras, que, desde 2016, adota o preço de paridade de importação", avalia João Delarissa, economista do Sincomercio Araraquara.

 

Gasolina comum

Em abril de 2022, o preço médio da gasolina comum em Araraquara apresentou aumento de 4,19%. O litro do combustível que em março deste ano custava, em média, R$ 6,61 passou para R$ 6,88 – encarecimento de R$ 0,27, maior valor nominal observado em toda a série histórica da pesquisa, iniciada em agosto de 2001. Já a variação acumulada em 2022 foi de 9,21%, enquanto a análise em 12 meses releva aumento de 32,72%.

 

Etanol hidratado

O preço médio do etanol hidratado em Araraquara apresentou aumento de 11,24% em abril de 2022. Em março, o produto custava, em média, R$ 4,55 e passou para R$ 5,06 – encarecimento de R$ 0,51, maior valor nominal desde novembro de 2021 (R$ 5,15). A variação acumulada no ano é de 6,08% e a análise em 12 meses releva aumento de 40,97%.

 

Óleo diesel

Já o preço médio do óleo diesel em Araraquara apresentou aumento de 5,83% no mês. O litro do combustível que em março era vendido, em média, por R$ 6,14 passou para R$ 6,50 – encarecimento de R$ 0,36, também o maior valor nominal observado em toda a série histórica. E a variação acumulada em 2022 para o preço médio do diesel foi de 25%, enquanto a análise em 12 meses revelou aumento de 55,61%.

 

Gás Liquefeito de Petróleo (gás de cozinha)

Para completar a pesquisa analisada pelo Núcleo de Economia do Sincomercio, em abril de 2022, o preço médio do gás de cozinha em Araraquara apresentou aumento de 3,62% – segundo aumento consecutivo observado na cidade. O botijão de 13 kg que em março custava, em média, R$ 118,02 passou para R$ 122,29 – encarecimento de R$ 4,27, novo recorde observado em toda a série histórica. A variação acumulada em 2022 é de 11,13% e em 12 meses o aumento é 33,36%.