InícioNotíciasGeralAcusado de homicídio em Américo é preso no Mato Grosso

Acusado de homicídio em Américo é preso no Mato Grosso

Investigadores viajam mais de mil quilômetros para prender o terceiro envolvido no crime
 
Maxwell Morais, 21 anos, estava dentro de um ônibus na cidade de Campo Verde (MT) quando recebeu voz de prisão dos policiais civis de Américo Brasiliense. Ele é o terceiro acusado de envolvimento na morte de Eliel Santos da Silva, 37 anos, assassinado a pauladas em julho, na cidade de Américo. 
 
A vítima morreu na Santa Casa, no dia 22, dia seguinte após ser agredido no Jardim São José. Dois irmãos, primos da vítima, foram presos dois dias depois.
 
Segundo o delegado Jesus Nazaré Romão, Morais estava a caminho de uma fazenda, onde trabalhava. Com um mandado de prisão, os investigadores interceptaram o veículo e prenderam o acusado.
 
Os policiais saíram de Américo Brasiliense na madrugada desta segunda-feira, dia 11, e retornaram nas primeiras horas da manhã de hoje, com o preso. 
 
Irmão presos
Dois dias depois do crime a Polícia Civil prendeu os irmãos Jackson José Guedes Soares, o “Camaçari”, 23 anos, e Jarbio Felipe Guedes Soares, 24 anos. Eles são acusados de agredir a vítima, primo de primeiro grau, com socos, chutes e pauladas.
 
Motivação
Inicialmente a informação dava conta de que o crime foi motivado por uma dívida de bar. A vítima teria dito que não pagaria a conta no comércio da esposa de um dos irmãos e, por isso, teria sido agredido com chutes, socos e pauladas. 
 
No entanto, o terceiro acusado do crime disse que Eliel foi morto porque agrediu o filho de um dos primos. Maxwell Morais nega ter agredido a vítima e diz que tentou separar a briga. Ele foi encaminhado para a cadeia de São Carlos.

 

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas