InícioNotíciasGeralAlan Mineiro se oferece para bater faltas no Corinthians

Alan Mineiro se oferece para bater faltas no Corinthians

Favorito para entrar no lugar de Giovanni Augusto, machucado, contra o Cobresal, meia diz que bola parada é uma de suas qualidades e se coloca à disposição

A saída de Jadson do Corinthians em janeiro desfalcou a equipe de um bom batedor de faltas. Desde então, cabe a Lucca a função de levantar as bolas paradas ofensivas para a área. Ele não tem arriscado muitas batidas diretas. Agora, Alan Mineiro, favorito a herdar a vaga de Giovanni Augusto, lesionado, no jogo contra o Cobresal, quarta-feira, às 21h45, se coloca à disposição para cobrar.

“Por todos os clubes em que passei, eu era o responsável pelas bolas paradas. Sempre que tiver, vou tentar o gol. Hoje quem vem batendo bem é o Lucca, mas infelizmente não está saindo gol. Se tiver oportunidade vou conversar com o Lucca para ele me deixar bater”, disse Alan Mineiro, que foi eleito o melhor jogador da Série A2 do ano passado com a camisa da Ferroviária.

Além da boa atuação contra o Red Bull, Alan Mineiro foi muito bem contra o Novorizontino, quando entrou e marcou um belo gol. Contratado após bom rendimento no Bragantino em 2015, o meia já tem oito jogos oficiais pelo clube da capital. O início, porém, foi complicado.

Alvo de bronca de Tite pelo sobrepeso, só estreou depois que cumpriu as metas estabelecidas pela comissão técnica. No primeiro jogo, ele cometeu erro que ocasionou o segundo gol do Santos, na primeira derrota da equipe no ano, na Vila Belmiro. Titular contra Linense e Ponte Preta, deixou o time no intervalo contra a Macaca por fraca atuação. Agora, porém, a maré virou.

“Quando cheguei, queria jogar o mais rápido possível, só que tive problemas, o que já está superado, é passado. Jogar mal (no início) é normal, qualquer um está sujeito. Mas agradeço ao Tite por me dar essa confiança. Ele me colocou no momento certo. Ele tinha mesmo dito que só me colocaria quando eu estivesse 100%. E eu estava quando entrei”, relata o jogador.

 
 

 

Redação

Notícias relacionadas

Mais lidas