InícioNotíciasGeralAraraquara Rock começa com cinema na praça

Araraquara Rock começa com cinema na praça

Programação paralela, que antecede os dias dos shows, também é gratuita

No domingo, 12 de julho, tem início a programação paralela do Araraquara Rock 2015 com o RockCine. Realizado pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart em parceria com a Associação dos Amigos da Praça das Bandeiras e Sessão Zoom – o programa começa levando cinema gratuitamente para a Praça das Bandeiras.

O curador do evento, Breno Rodrigues, conta que o Rock Cine tem a proposta de relacionar cinema e rock e começa apresentando, no domingo (dia 12), a partir das 21 horas, o filme “Dark Side of the Rainbow” que é a exibição simultânea do filme “O mágico de Oz” mais a trilha sonora do disco “Dark Side of the moon” do Pink Floyd.

Breno explica que “Dark Side of the Rainbow” – em português, “O Lado Sombrio do Arco-íris” e também encontrado na internet como “The Dark Side of the Oz” – é o nome dado ao efeito criado ao tocar o álbum conceitual do Pink Floyd “The Dark Side of the Moon”, de 1973, simultaneamente com a exibiçãodo filme de 1939, “O Mágico de Oz”.

De acordo com o curador, “o efeito consiste no fato de que há diversos momentos em que uma obra corresponde a outra, seja por parte das letras das músicas ou pela sincronia audiovisual”.

Já na segunda (13) – dia oficial da comemoração do Rock – os documentários araraquarenses “Três ou quatro Riffs” e “Penumbra: A Ascensão do Rock Underground de Araraquara” são a atração do RockCine, às 19 horas. “No dia 13, teremos uma programação voltada para a produção local, tanto na área do audiovisual com os dois documentários produzidos aqui, como também musical pelo fato de ambos se voltarem para a cena musical roqueira da cidade, retratando músicos e bandas importantes para a consolidação da cena local”, diz Breno.

“Três ou quatro Riffs – O Cenário Musical Independente” (2007) é um documentário que faz um panorama do atual cenário musical independente e apresenta depoimentos de profissionais especializados, expondo um pouco da luta de ser um músico independente no Brasil. Com depoimentos de profissionais especializados, produtores, proprietários de casas de shows, público e músicos, o vídeo expõe um pouco da luta, das dificuldades, frustrações, conquistas e benefícios de ser um músico independente no país. A produção é de Itaici Brunetti, Luiza Paiva, Jairo Falvo e Roger Mendes.

Depois, “Penumbra: a ascensão do rock underground de Araraquara” (2013) resgata parte da história do rock na cidade entre os anos 90 e início dos anos 2000. O documentário foi produzido como trabalho de conclusão de curso pelos ex-alunos do Centro Universitário de Araraquara – Uniara: Christiano Kobal Oliveira de Andrade, Rodrigo Peronti Rodrigues e Vitor Hugo Fransceschini. Após a sessão haverá um bate-papo com os diretores e as equipes dos filmes.

Vale lembrar que a programação paralela do Araraquara Rock tem continuidade na terça (14), com um bate-papo sobre “Música e Fotografia”, às 19h30, no Palacete das Rosas. É aguardada a participação de fotógrafos, bandas e músicos da cidade. “O bate-papo entre fotógrafos e bandas locais pretende fomentar o diálogo entre dois importantes segmentos da cena musical araraquarense. A importância do material de divulgação e, principalmente, o material fotográfico é cada vez mais exigido das bandas que querem se profissionalizar e aumentar o seu público. Assim, o evento buscará a troca de ideias e contatos entre fotógrafos e bandas”, pontua Breno.

Para fechar a programação paralela, na quinta (16), também no Palacete das Rosas, às 19h30, será realizado o workshop “Minha banda tem futuro? Como faço?”, com Andy Alves, músico da banda Club America, apresentando diretrizes e ações para uma carreira na música independente.

Não é necessária a inscrição prévia – basta chegar e participar, gratuitamente.

Para conferir a programação completa do Araraquara rock, acesse o site da Prefeitura de Araraquara (www.araraquara.sp.gov.br).  

 

Serviço:

Araraquara Rock 2015 apresenta “RockCine”

Local: Praça das Bandeiras s/nº (Rua 5 com Av. Prudente de Morais, em frente ao Bar do Zinho)

Gratuito 

 

·     12/07: 21h “Dark Side of the Rainbow”

·     13/07: 19h: “Três ou quatro Riffs”, “Penumbra: a ascensão do rock underground de Araraquara” e bate-papo com diretores e equipe

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas