InícioNotíciasGeralCâmara prepara audiência para discutir reclamações contra CPFL

Câmara prepara audiência para discutir reclamações contra CPFL

Representante da empresa já se reuniu com vereadora para tratar de temas da audiência pública

 

A recém-empossada vereadora Geani Trevisóli (DEMOCRATAS), que assumiu a cadeira da ex-vereadora Edna Martins (PSDB), cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral, recebeu em seu gabinete a visita do Gerente de Negócios da CPFL, Jorge Cristiano S. Matsumoto, por conta da audiência pública marcada para o próximo dia 16.

O gerente quis se inteirar sobre os problemas que chegaram aos gabinetes de vários vereadores, como reclamações de falta recorrente de energia elétrica em bairros da região do Jardim Maria Luíza, Chácara Flora, incluindo o Vale do Sol e Acapulco.

“A Câmara é muito cobrada para que se encontre uma solução, por isso audiência pública foi chamada. Assim, damos voz à população, e através do diálogo envolvendo os vereadores, a companhia concessionária e o Ministério Público buscamos acabar com o problema”, disse a parlamentar.

No encontro do próximo dia 16 de março serão abordados temas como os danos elétricos, as dificuldades para se falar com o 0800, um serviço oferecido pela empresa e os investimentos no setor.

Outro fato que deve ser esclarecido diz respeitos as prioridades de atendimento, pois existe uma regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

O representante da empresa antecipou que algumas obras já foram realizadas nos locais indicados, inclusive na área das chácaras.

Ficou previamente acertado que a CPFL enviará para os 18 vereadores um ofício contendo todos os canais de comunicação da empresa para que se acelere o atendimento aos usuários do serviço de energia elétrica.

A audiência foi articulada por Edna Martins, que também participou da reunião com o representante da CPFL. Desde que ela deixou a Câmara Municipal de Araraquara, na semana passada, a coordenação desse trabalho foi assumida pelos vereadores Geani Trevisóli e Farmacêutico Jéferson Yashuda (PSDB).

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas