InícioNotíciasCoronavírusCER em luto pela segunda vez em menos de 20 dias

CER em luto pela segunda vez em menos de 20 dias

Agente educacional de 38 anos morreu nesta quinta-feira (20). No começo do mês outra servidora da mesma creche também morreu de Covid

A morte de mais uma servidora da Educação municipal de Araraquara intensifica o impasse entre o SISMAR e Prefeitura. Na tarde desta quinta-feira, dia 20, a agente educacional Kelli Cristina Bartolo Pimentel, de 38 anos, morreu vítima de Covid-19. Ela estava internada desde o dia 29 de abril em hospital da rede privada.

Kelli, que tinha comorbidade, trabalhava no CER – José Alfredo do Amaral, no Jardim Adalberto Roxo. Ela a segunda servidora desta unidade de ensino a morrer por complicações da Covid-19 nesta Pandemia do coronavírus. No último dia 2 de maio a servidora Queli Fernandes, 45 anos, também não resistiu aos graves sintomas da doença.

O SISMAR, sindicato que representa a categoria, ressaltou que “após a reabertura forçada das escolas pela Prefeitura de Araraquara desde 12 de abril, esta unidade teve o maior surto de covid-19 entre todas as unidades municipais de Educação, com pelo menos 12 casos confirmados da doença.” A unidade foi uma das duas primeiras que tiveram as atividades suspensas em Araraquara por causa de casos confirmados de Covid-19.

Por meio de nota, a Prefeitura lamentou a morte da agente educacional e manifestou solidariedade à família de Kelli Cristina Bartolo Pimentel. Parte dos servidores da Educação de Araraquara estão em greve por entenderem que não há segurança sanitária para as aulas presenciais. Por enquanto, apenas profissionais da Educação com mais de 47 anos foram vacinados contra o cornavírus no Estado.

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas