InícioNotíciasCidades universitárias aliam conhecimento e turismo

Cidades universitárias aliam conhecimento e turismo

Conheça alguns destinos brasileiros que são sede de grandes universidades e de roteiros turísticos inesquecíveis

Ampliar o conhecimento, buscar qualificação e realizar o sonho de se formar está na lista de muitos estudantes brasileiros. Alguns deles, inclusive, deixam suas cidades natais para morar em locais que são reconhecidos como polos estudantis e que fomentam educação. Diante disso, a tarefa árdua de estudar por horas e dias debruçados nos livros ou no computador pode ficar ainda mais prazerosa quando ele também se torna turista.

O Ministério da Educação (MEC) lista 69 universidades federais espalhadas nas cinco regiões do país. Algumas cidades que sediam essas universidades são tão famosas pela qualidade do ensino e pelas belezas turísticas que já são figurinhas carimbadas pelos estudantes. Dados do Censo da Educação Superior de 2020 mostram que o país conta com 2.457 instituições de educação superior, refletindo a força da educação como uma propulsora, também, do turismo.

Os dados do MEC também apresentam as regiões com mais vagas de graduação em 2020. São elas: Sudeste, Nordeste, e Sul, respectivamente, seguidas pelo Centro-oeste e pelo Norte. Espalhadas por todo o Brasil, as universidades federais, centros universitários, faculdades, institutos federais e centro federais de educação tecnológica aliam conhecimento e turismo. Por isso, a Agência de Notícias do Turismo traz algumas regiões e cidades que fazem essa aliança dar certo. Confira:

No cantinho do mapa do Brasil, está uma das regiões detentoras do maior número de instituições de ensino superior. Dados do INEP de 2020 mostram que a região Sudeste possui o maior número de vagas para a graduação: são quase três milhões delas.

Minas Gerais, por exemplo, é um gigante na educação e um grande aliado do turismo nacional. O estado conta com o maior número de universidades federais no Brasil: são 11 públicas. Com tanto fomento ao ensino, cidades como Belo Horizonte, Alfenas, Ouro Preto, Juiz de Fora, Uberlândia, Viçosa, São João Del Rei e Montes Claros se destacam como polos educacionais. Nas cidades, além de muito estudo, o viajante encontra cultura e conhecimento, uma vez que Minas Gerais abarca um legado histórico e multicultural brasileiro.

Na capital Belo horizonte, o universitário poderá conhecer centros culturais, aproveitar um descanso na Lagoa da Pampulha e degustar as delícias locais no Mercado Central. E nem precisa sair do ambiente universitário para aproveitar as riquezas culturais de Minas. Dentro da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) dá para conhecer espaços de conhecimento, museus, jardim botânico e estação ecológica.
São Paulo é outro gigante no quesito educação. Casa da maior cidade brasileira – a capital São Paulo – o estado também sedia a maior universidade do Brasil: a Universidade de São Paulo (USP). Além da capital, Campinas, São Carlos e Ribeirão Preto também são outros exemplos de destinos aliados da educação.

São Paulo é um estado considerado “casa” do conhecimento, cultura, tradição e belezas históricas narram a memória do país e fomentam a educação. Museus, parques, igrejas, gastronomia e diversidade cultural compõem o roteiro de quem visita o estado. Dentro da USP, por exemplo, é possível fazer passeios culturais, científicos, conhecer monumentos e visitar bibliotecas.

O Nordeste segue sendo a segunda região com maior número de vagas de graduação no Brasil. São mais de 1,3 milhão delas. Pernambuco, Bahia e Ceará são alguns exemplos de destinos universitários que aliam estudo e lazer. Na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o estudante encontra cinema, museus, centro cultural e o instituto de arte contemporânea. O universitário e o visitante nem precisam sair do estado para curtir uma folga em um dos destinos famosos de Pernambuco, como a capital Recife, ou os destinos Fernando de Noronha, Olinda e Caruaru.

Cultura, lazer e informação também estão na Bahia. O estudante que escolher uma das instituições de ensino do estado vai se deparar com uma mistura de beleza natural e histórica. Na capital Salvador, além de frequentar a Universidade Federal da Bahia (UFBA) ou outras instituições, o estudante turista também poderá apreciar o período de férias para curtir uma praia ou visitar pontos turísticos mundialmente conhecidos: o Pelourinho, o Elevador Lacerda, o Farol da Barra e a Brasílica do Senhor do Bonfim.

No Ceará, o universitário também vai aproveitar o calor para pegar uma praia – depois de colocar os estudos em dia, claro – já que o estado possui belezas naturais monumentais. Por lá, além de se matricular na Universidade Federal do Ceará (UFC) ou em outras renomadas instituições, o estudante vai se deparar com uma diversidade de atrativos: lindas praias, Lençóis Maranhenses, parque aquático e serras em cidades como na capital Fortaleza, em Jericoacoara, em Aracati, em Quixadá e em Barreirinhas.

Redação

Notícias relacionadas

Mais lidas