InícioNotíciasGeralCPI aprova quebra de sigilo bancário de Del Nero

CPI aprova quebra de sigilo bancário de Del Nero

Requerimento de Romário também pede que empresário Wagner Abrahão seja investigado

Uma comissão do Senado aprovou nesta quinta-feira, por unanimidade na CPI do Futebol, o requerimento que solicitava a quebra de sigilo bancário do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo del Nero e do empresário Wagner Abrahão, dono do Grupo Águia, agência de turismo oficial da CBF.

O requerimento do ex-jogador e senador Romário (PSB-RJ) pede que as contas de Del Nero sejam analisadas de 12 de março de 2013 em diante e de Abrahão do período entre 17 de maio de 2007 e 31 de maio de 2015. Para impedir o acesso aos dados, Del Nero e Abrahão ainda podem recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Amigo próximo do ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira, Wagner Abrahão é dono do Grupo Águia, que fez todas as viagens da Seleção e dos clubes das Séries B e C do Campeonato Brasileiro.

Wagner Abrahão também é apontado como o vendedor de duas coberturas na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, a Marco Polo del Nero, uma por R$ 5,2 milhões e outra por R$ 1,6 milhão.

 

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas