InícioNotíciasGeralFerroviária sofre segunda derrota seguida no Paulistão

Ferroviária sofre segunda derrota seguida no Paulistão

Locomotiva volta a sofrer gol no final do jogo e perde para a Ponte Preta em Campinas

A Ferroviária sofreu sua segunda derrota seguida no Paulistão 2016. A equipe araraquarense desperdiçou muitas chances claras de gol e perdeu para a Ponte Preta por 2 a 1 na noite deste sábado no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Reinaldo abriu o placar aos 14 do primeiro tempo para o time da casa. Aos 14 do segundo, Fernando Gabriel deixou tudo igual para a Locomotiva, mas Wellington Paulista fez o gol da vitória alvinegra aos 44 minutos da etapa complementar.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Sérgio Vieira caiu na tabela de classificação. Dentro do Grupo C, a Locomotiva é vice-líder com 13 pontos (quatro vitórias, um empate e quatro derrotas), mas pode perder sua posição ao final da 9ª rodada, que será encerrada neste domingo. O Grupo C tem o São Paulo na liderança com 13 pontos e um gol a mais de saldo. Abaixo da Ferroviária vem Audax com 12 pontos e 8 jogos, XV de Piracicaba com 11 pontos e 9 jogos e Capivariano com 4 pontos e 8 jogos. Na classificação geral, o time araraquarense caiu da terceira para a 7ª posição. Já a Ponte Preta subiu para 11ª colocação no geral e se afastou da zona de rebaixamento do estadual.

Primeiro tempo

A Ponte Preta teve uma chance clara de abrir o placar logo aos 5 minutos, quando Wanderson errou na saída de bola, Clayson roubou, avançou sozinho, invadiu a área, mas chutou fraco para a defesa de Alexandre Cajuru. Na seqüência, Fernando Gabriel cobrou falta na área e Wanderson cabeceou sem ângulo para fora. Aos 9, a Ferroviária perdeu uma oportunidade clara quando Rafinha cobrou escanteio curto para Wescley, que foi até a linha de fundo e cruzou para Alex Silva, que de frente para o gol, cabeceou por cima do travessão.

O time campineiro abriu o placar aos 14 minutos, quando após boa triangulação, Wellington Paulista passou em profundidade para Reinaldo, que dominou no bico da área pelo lado esquerdo e acertou um forte chute no canto direito do goleiro Alexandre Cajuru: 1 a 0.

Aos 20, o time grená teve a chance de empatar quando Fernando Gabriel cruzou na área, Rafinha cabeceou, a bola passou pelo goleiro e Juninho se esticou para tocar para fora. Aos 24, o lateral pontepretano Jéferson perdeu a bola para Wescley, que acionou Rafinha. O atacante afeano recebeu sozinho dentro da pequena área, dominou e bateu. A bola passou pelo goleiro João Carlos, mas o próprio Jéferson tirou a bola em cima da linha, evitando o gol de empate. Aos 37, Rafinha recebeu fora da área e bateu colocado, mas a bola desviou na defesa e foi para fora. Ainda no final do primeiro tempo, o técnico afeano Sérgio Vieira foi obrigado a fazer sua primeira substituição. Rafinha sentiu dores no adutor da coxa esquerda e deu lugar a Danielzinho.

Aos 43, Fernando Gabriel cobrou falta frontal, a bola passou pela barreira, mas o goleiro da Ponte se esticou para espalmar e evitar o gol. Aos 47, o time da casa quase ampliou com Wellington Paulista, que desviou cruzamento de escanteio, mas a bola saiu para fora.

Segundo tempo

A Ferroviária voltou do intervalo disposta a empatar e levou perigo aos 4 minutos, com um chute de longe de Alex Silva, que passou à esquerda do gol. Aos 14, Jonas derrubou Danielzinho dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. Fernando Gabriel foi para a cobrança e acertou o canto direito do goleiro João Carlos: 1 a 1!

Aos 19, Alex Silva arrancou pela direita, invadiu a área, passou por seu marcador e acionou Juninho, que chutou, mas parou na boa defesa do goleiro. Aos 30, a defesa afeana não afastou um ataque e a bola sobrou para Jonas, que bateu rasteiro e a bola passou raspando à trave direita de Cajuru.

Aos 35, Fernando Gabriel quase marcou um gol olímpico. O camisa 8 cobrou escanteio e a bola chegou a dar um leve toque na trave antes de sair. Aos 39, Ferrugem escorou cruzamento para Alexandro, que saiu de frente para o gol, mas chutou para fora.

Mas a Ferroviária se complicou de vez aos 44 minutos, quando Ferrugem iniciou a jogada pela intermediária e tentou o chute, que bateu em Marcão. A defesa afeana não conseguiu afastar e a bola sobrou para Wellington Paulista, que dominou e teve a tranquilidade de tocar rasteiro na saída de Alexandre Cajuru: 2 a 1 para a Ponte Preta.

Próximos desafios

A Ferroviária voltará a campo pelo Paulistão no próximo domingo, dia 20, às 18h30, contra o São Bernardo na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. Antes disso, na quinta-feira, a equipe araraquarense fará sua estreia na Copa do Brasil diante do Salgueiro (PE), em duelo marcado para as 19h15 na Fonte Luminosa.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 2 x 1 FERROVIÁRIA
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas;
Data/Horário: 12 de março de 2015, 18h30;
Arbitragem: José Cláudio Rocha Filho, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Alex Ang Ribeiro.
Cartões amarelos: João Vítor e Jonas (Ponte Preta); Danielzinho e Thallyson (Ferroviária).
Gols: Reinaldo (14’ do 1º T) para a Ponte Preta. Fernando Gabriel (14’ do 2º T) para a Ferroviária.

PONTE PRETA – João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Douglas Grolli e Reinaldo; João Vitor, Jonas, Clayson (Alexandro) e Felipe Azevedo (Felipe Menezes); Wellington Paulista e Rayner (Ferrugem). Técnico: Alexandre Gallo.

FERROVIÁRIA – Alexandre Cajuru, Alex Silva (Igor Julião), Wanderson, Marcão e Thallyson; Juninho, Rafael Miranda, Fernando Gabriel e Wescley; Rafinha (Danielzinho) e Tiago Adan (Caíque). Técnico: Sérgio Vieira.

 

 

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas